Novidades

Holden pode encerrar produção do Commodore

Sedã também é conhecido como Buick Regal e Opel Insignia
Holden Commodore (divulgação)

Um dos sedãs mais tradicionais do mercado australiano, pode ter seu fim decretado. Estamos falando do Holden Commodore, modelo que aqui no Brasil já foi vendido como Chevrolet Omega.

O atual Commodore nada mais é do que a versão australiana do Opel Insignia, que também tem uma versão norte-americana que atende pela alcunha de Buick Regal. O tradicional sedã utiliza tração traseira e conta com duas opções de motorização: 2.0 turbo e 3.6 V6.

Holden Commodore (divulgação)

O motivo para encerrar uma saga que se iniciou em 1978 é devido as baixas vendas de sedãs no mercado australiano. De janeiro a novembro, foram vendidas apenas 5.400 unidades do Commodore – uma faixa muito abaixo do esperado para um sedã dessa categoria.

Além disso, a crescente onda de SUVs e crossovers tem dado muito trabalho aos sedãs e hatches médios de várias marcas. Seu irmão norte-americano Buick Regal também está com os dias contados, e possivelmente será substituído por um utilitário.

Veja mais:

>> Chevrolet Equinox ganha motor 1.5 Turbo de 172 cv

>> Chevrolet Onix hatch chega às lojas e parte de R$ 48.490

>> Novo Chevrolet Onix RS é flagrado

Sobre o autor

Kleber Silva

Comente

Clique aqui para comentar