Destaque Mercado

Honda Civic ainda sobrevive entre sedãs médios mais vendidos do Brasil

Prova de que o segmento dos sedãs médios ainda mingua é que o Honda Civic ainda está entre os mais vendidos da categoria
Honda Civic LX 2021 [Auto+ / João Brigato]
Honda Civic LX [Auto+ / João Brigato]

Com a categoria dos sedãs médios encolhendo cada vez mais e com menos carros ao longo do tempo, o ranking aqui no Auto+ agora contemplará também sedãs grandes e cupês de quatro portas na lista liderada pelo Toyota Corolla. Apesar da novidade, o Honda Civic ainda conseguiu se manter entre os mais vendidos

Com 27 unidades vendidas, o seu resultado pode até não parecer muita coisa. Mas para um carro que morreu na virada do ano, é de se elogiar. Tudo que vende agora é resto de estoque. O que o não deixa longe do Kia Cerato que está logo à frente com 32 unidades. O líder imbatível Toyota Corolla, por outro lado, vendeu 155 vezes mais que o Civic.

Se não fosse pelo aposentado Honda Civic na lista, teríamos a entrada de um carro elétrico pela primeira vez no ranking. Com 12 unidades vendidas segundo a Fenabrave, o JAC E-J7 estava pronto para entrar na lista, mas ainda faltou feijão com arroz. Maio foi seu primeiro mês de vendas ao longo de todo ano de 2022, apesar de ter sido lançado faz tempo.

JAC E-J7 [Auto+ / João Brigato]
JAC E-J7 [Auto+ / João Brigato]

Confusão nos números

Surpreende o fato de o BMW Série 3 vender muito mais que diversos modelos que custam a metade do que ele pede. Para decifrar os números de venda do modelo, foi preciso apelar para os dados de vendas da Jato Dyanamics, já que os da Fenabrave confusamente separam o 320i como sedã médio, enquanto as versões 330e e M340i são considerados sedãs grandes.

Isso porque todos são o Série 3, tal qual o M3 que nem aparece nos dados do órgão. Esse problema também acontece com o Mercedes-Benz CLA, que é separado nas versões AMG como sedã médio e no modelo de entrada 250 como grande – inexplicável. Apesar dessa bagunça, o cupê da Mercedes fechou o mês com 97 unidades e em quinto lugar.

BMW 320i M Sport [Auto+ / João Brigato]
BMW 320i M Sport [Auto+ / João Brigato]
Com o reforço de uma venda de um RS5, o Audi A5 conseguiu superar o Volkswagen Jetta, que agora ganha reforço do modelo reestilizado. Audi A3 Sedan estacionou em oitavo lugar com oito unidades vendidas.

Sedãs médios e grandes mais vendidos de maio

  1. Toyota Corolla – 4.169 unidades
  2. Chevrolet Cruze – 1.085 unidades
  3. BMW Série 3 – 419 unidades
  4. CAOA Chery Arrizo 6 – 125 unidades
  5. Mercedes-Benz CLA – 97 unidades
  6. Audi A5 – 42 unidades
  7. Volkswagen Jetta – 41 unidades
  8. Audi A3 Sedan – 33 unidades
  9. Kia Cerato – 32 uniaddes
  10. Honda Civic – 27 unidades

>>BMW Série 3 é o Whopper do mundo dos carros | Avaliação

>>Honda Accord vs. JAC E-J7: não quer um BMW Série 3? | Comparativo

>>JAC E-J7: o chinês que deixa um BMW Série 3 para trás | Impressões

Sobre o autor

João Brigato

Comente

Clique aqui para comentar