Destaque Novidades

Honda promete mais dois híbridos além do Accord no Brasil até 2023

Sem divulgar quais serão os modelos híbridos vendidos no Brasil, Honda apenas afirmou que haverá mais tecnologia em toda a linha
Honda HR-V 2022 [divulgação]
Honda HR-V 2022 [divulgação]

Junto da apresentação do novo Accord e:HEV no Brasil, a Honda prometeu novidades eletrificadas no Brasil. A marca apostará em modelos híbridos no país em busca da diminuição da poluição no mundo. Globalmente, a Honda quer que 2/3 de seus carros vendidos até 2030 sejam eletrificados de alguma maneira.

Por isso, a marca japonesa prometeu que terá três carros híbridos no Brasil até 2023. O primeiro deles já chegou: o Accord e:HEV. Mas quais serão os outros dois? A marca não divulgou oficialmente quais serão, afirmando apenas que os modelos eletrificados serão todos importados. Com isso temos algumas apostas fortes.

Um que é praticamente certo é o CR-V e:HEV. Ele já está a venda na Europa e faz sentido dentro da gama de modelos da Honda. Hoje o CR-V é importado na versão Touring de R$ 239.900. Caso venha a substituir o Touring, como aconteceu com o Accord, o CR-V híbrido pode ficar mais barato por conta da redução de impostos.

Honda CR-V e:HEV [divulgação]
Honda CR-V e:HEV [divulgação]
Assim como o sedã, o SUV médio híbrido conta com três motores. Há um par de elétricos que entregam 184 cv e 32,1 kgfm de torque. Há também um 2.0 quatro cilindros aspirado de 145 cv e 17,8 kgfm de torque. Mas o motor a gasolina é usado somente para carregar o sistema híbrido.

O que mais vem aí?

Enquanto o CR-V híbrido é praticamente certo para o portfólio eletrificado da Honda, o terceiro modelo ainda é dúvida. Existe a possibilidade de a Honda importar o Insight, que nada mais é que o Civic híbrido. O modelo já foi registrado no Brasil, mas nunca veio.

Honda Insight [divulgação]
Honda Insight [divulgação]
Ele conta com motor 1.5 de 109 cv e 13,6 kgfm de torque. Ele é combinado a um motor elétrico que provém 153 cv e 27,2 kgfm de torque em modo combinado. Ao contrário do Accord e:HEV e do CR-V e:HEV, o Honda Insight usa os dois motores ao mesmo tempo a maior parte do tempo.

Outra possibilidade é o novo Fit e:HEV. Como a Honda terá o City hatch como modelo de entrada por aqui e a nova geração do Fit ficou muito cara, uma versão híbrida pode ser a resposta. O modelo conta com motor 1.5 aspirado funcionando como gerador para o sistema elétrico – mesmo layout do Accord e:HEV.

Honda Fit Crosstar e:HEV [divulgação]
Honda Fit Crosstar e:HEV [divulgação]
No Fit, são 109 cv e 25,8 kgfm de torque. Segundo a Honda, ele chega a 27,7 km/l na cidade e atinge os 100 km/h em 9,4 segundos. O HR-V de terceira geração também tem uma versão híbrida com esse conjunto mecânico e pode ser uma das possibilidades de terceiro modelo eletrificado da Honda no Brasil.

Honda Sensing

Além de eletrificar seus modelos por aqui, a marca prometeu que terá o sistema Honda Sensing em todos os carros vendidos por aqui. O pacote, que já está no Accord e:HEV, traz piloto automático adaptativo, frenagem autônoma de emergência e assistente de manutenção em faixa.

Honda Accord e:HEV [divulgação]
Honda Accord e:HEV [divulgação]
Ainda não se sabe como será a aplicação do Honda Sensing nos modelos nacionais. É possível que as novas gerações de City e HR-V, que já estão programadas para o nosso país, recebam o pacote nas versões topo de linha Touring. Já Fit, WR-V e Civic tem futuro incerto e dependem do que ocorrerá com a próxima geração de cada um.

>>Civic LX tem pouco custo e muito benefício – Avaliação

>>Accord híbrido chega ao Brasil fazendo 17,6 km/l na cidade

>>New Civic Si: como é dirigir o clássico em 2021? | Impressões

Sobre o autor

João Brigato

João Brigato

Comente

Clique aqui para comentar