Novidades

Hummer H1 voltará a ser produzido nos Estados Unidos

Com novo nome, jipão será destinado apenas a mercados fora da América

Um dos símbolos dos Estados Unidos voltará a ser produzido: sim, o Hummer H1. Porém, a marca dos jipões que encerrou suas atividades em 2010 não será a responsável por seu retorno e sim a VLF Automotive, empresa de Michigan que tem como fundador Bob Lutz, ex-vice-presidente da General Motors.

Humvee C Series (Divulgação)

Outra mudança é que ele terá um novo nome no RG, Humvee C-Series (a GM ainda detém os direitos sobre o nome Hummer). A má notícia para os fãs ianques por lá é que o utilitário não será vendido nos EUA, apenas exportado para mercados da África, China, Europa e Oriente Médio.

Humvee C Series (Divulgação)

Apesar da GM ter fechado as portas da Hummer há sete anos, desde 2013 a AM General (responsável por fabricar a versão militar HMMWV para diversos países) oferece kits de montagem (sem motores) do C-Series — que servem de base para a VLF montar os jipes para exportação.

Humvee C Series (Divulgação)

Mostrado ao público pela primeira vez no Salão de Xangai no mês passado, o Humvee C-Series mostrou que mantém o visual do Hummer H1 fabricado pela GM na década de 90. Debaixo do enorme capô, o jipão terá como opção um motor V8 5.0 diesel com três versões: de 190 cv e 53,2 kgfm de torque, 205 cv e 60,8 kgfm, e outra de 250 cv e os mesmos 60,8 kgfm.

Haverá ainda mais um propulsor, que deverá incomodar os ativistas ambientais: um V8 6.2 a gasolina de 430 cv e 58,6 kgfm de torque. Ambos conjuntos trabalham atrelado ao câmbio automático de quatro marchas. A previsão é que sejam construídas 100 unidades do Humvee C-Series até o final de 2017, com a maioria delas destinada para a China.

Sobre o autor

Diego Dias

Um comentário

Clique aqui para comentar