Destaque Novidades

JAC E-J7: versão PRO melhorada pela VW tem condução semiautônoma

Sistema de condução semiautônomo foi desenvolvido pela Huawei para o novo JAC E-J7 PRO após melhorias da Volkswagen
JAC E-J7 PRO / SEHOL E50A PRO [reprodução]
JAC E-J7 PRO / SEHOL E50A PRO [reprodução]

Antes tratada como uma marca à parte, mas cada vez mais incorporada como uma sublinha dentro da JAC, os modelos da Sol/ Sehol estão melhorando rapidamente. Com a Volkswagen agora sendo dona de parte da JAC, a engenharia alemã tem feito importantes mudanças nos modelos da marcha chinesa, como é o caso do E-J7.

Já em pré-venda no Brasil por R$ 259.900, o modelo já passou por mudanças na China. Chamado de SEHOL E50A por lá, o sedã grande elétrico recebeu uma nova variante chamada de PRO. Habito comum das marchas chinesas, aplicado costumeiramente pela CAOA Chery no Brasil, as variantes PRO tem visual diferenciado e mais equipamentos.

No caso do E-J7 / E50A PRO, o visual foi modificado para aproximá-lo dos demais modelos elétricos da marca. A dianteira tem faróis finos em LED ligados por uma barra preta – mesmo efeito visual do E-JS1 e do E-JS4. A abertura de ar inferior é pequena e acompanhada de um frio em L que fica paralelo aos faróis.

JAC E-J7 PRO / SEHOL E50A PRO [reprodução]
JAC E-J7 PRO / SEHOL E50A PRO [reprodução]
Na traseira, novas lanternas de LED têm desenho bem semelhante ao do E-JS4, mostrando que a JAC finalmente está construindo uma identidade visual uniforme em seus carros. Elas têm pequenos filetes verticais vermelhos na parte interna, que acompanham o friso luminoso principal.

Mais refinamento e tecnologia

Mas é na cabine que as melhorias ficaram mais evidentes. O sedã elétrico da JAC ganhou acabamento mais refinado que mistura tecido, couro e superfícies emborrachadas no painel. Há até imitação de madeira nas portas, contrastando com os comandos dos vidros com textura que imita metal. Já a manopla de câmbio não é mais rotativa.

JAC E-J7 PRO / SEHOL E50A PRO [reprodução]
JAC E-J7 PRO / SEHOL E50A PRO [reprodução]
O volante dos SUVs da marca foi trocado por uma peça exclusiva com visual mais refinado e elegante, que até lembra do usado no novo Hyundai Creta. Há também novo painel de instrumentos totalmente digital configurável com tela de melhor definição. Por falar em tela, a central multimídia ficou maior e agora é parcialmente flutuante.

Na parte tecnologia, o E-J7 / E50A PRO recebeu novo sistema de condução semiautônoma Level 2 desenvolvido pela Huawei. Ele conta com radar de ondas milimétricas de 77 GHz e uma câmera grande angular que trabalham para fazer o sedã elétrico ser conduzido praticamente sozinho.

JAC E-J7 PRO / SEHOL E50A PRO [reprodução]
JAC E-J7 PRO / SEHOL E50A PRO [reprodução]
O conjunto mecânico, no entanto, não mudou. Segue o motor elétrico de 192 cv e 34,6 kgfm de torque. Os 100 km/h são atingidos em 6,4 segundos e o sedã elétrico da JAC roda até 402 km com carga completa.

>>CAOA Chery Tiggo 8: finalmente dá para dizer sim | Avaliação

>>CAOA Chery Tiggo 3X vs. VW Nivus: quem oferece mais por menos?

>>JAC E-J7 quer brigar com Audi e BMW usando a eletricidade

Sobre o autor

João Brigato

Comente

Clique aqui para comentar