Especial Novidades

Jaguar apresenta I-Pace, seu primeiro elétrico

Com 394 cv, modelo vai de 0 a 100 km/h em 4,8 segundos
Jaguar I-Pace (divulgação)

A Jaguar entrou no mundo dos elétricos de cabeça. Isso porque a marca britânica revelou ao mundo o novo I-Pace, seu primeiro veículo totalmente movido a eletricidade e livre de emissões de poluentes. O modelo fez sua estreia antes do Salão de Genebra (Suiça), que abre suas portas ao público na próxima semana

Feito na Áustria numa parceria entre a Jaguar Land Rover e a Magna Steyr, o Jaguar I-Pace de produção vem equipado com uma bateria de íon de lítio de 90 kWh e dois motores elétricos para gerar 394 cv e 71 kgfm de torque — prontos para serem distribuídos para as quatro rodas. Esse conjunto permite o crossover (com perfil de cupê “bombado”) acelerar de 0 a 100 km/h em 4,8 segundos — desempenho fruto do torque instantâneo comum aos carros elétricos. A autonomia chega a bons 480 quilômetros.

Jaguar I-Pace (divulgação)

Para marcar a apresentação do novo I-Pace (e mostrar seu desempenho), a Jaguar colocou ao lado de seu lançamento o Tesla Model X, alçado como principal concorrente. Confira no vídeo abaixo:

Para recarregar a bateria, um carregador de 100kW permite fazer uma recarga de até 80% em apenas 40 minutos. No caso de uma recarga em uma tomada normal de 7kW, o modelo tem até 80% da bateria carregada em 10 horas.

Visualmente, o I-Pace bebe na fonte dos modelos F-Pace e o esportivo F-Type, contando com distribuição de peso em 50:50 entre os eixos e boa aerodinâmica. Prova disso é Cx de apenas 0,29 divulgado pela fabricante. Apesar de elétrico, a grade dianteira tem papel crucial na aerodinâmica e no resfriamento das baterias.

Chama a atenção as rodas de 22 polegadas e as maçanetas ocultas retráteis que aparecem quando os ocupantes entram ou saem do veículo (igual a usada nos modelos F-Type e Range Rover Velar). O porta-malas tem capacidade para levar 656 litros.

Jaguar I-Pace (divulgação)

Na lista de itens, o novo I-Pace traz faróis com iluminação totalmente em led, teto panorâmico de vidro, suspensão pneumática opcional (que rebaixa o veículo em 10 mm em velocidades acima de 105 km/h), painel de instrumentos digital configurável, sistema head-up display, e central multimídia com duas telas para comandos de climatização, áudio, modos de condução, navegador GPS, entre outros (igual ao do Velar).

Por fim, o I-Pace é o primeiro Jaguar a receber atualizações de software automaticamente. Segundo a fabricante, não há previsão do crossover elétrico desembarcar no Brasil. Uma pena.

Veja mais:

>> Ranking Auto+: colocando o F-Pace no limite

>> Jaguar E-Pace: SUV tem pré-venda e preço inicial de R$ 222,3 mil

>> Land Rover faz Defender V8 de 405 cv para celebrar seus 70 anos

Sobre o autor

Diego Dias

Diego Dias

Comente

Clique aqui para comentar

Encontre peças e acessórios





Vídeo

Triumph T120 Black: uma clássica Bonneville com pegada agressiva