Destaque Novidades

Jeep Commander é o nome oficial do novo SUV de 7 lugares da Stellantis

Nada de Grand Compass ou Grand Commander, o novo SUV de sete lugares da Jeep no Brasil se chama Commander
Teaser Jeep Commander [divulgação]
Teaser Jeep Commander [divulgação]

Depois de muita especulação e um teaser bem discreto, a Jeep finalmente oficializou o nome do novo SUV médio de sete lugares no Brasil. Desvendado pelos nossos colegas da revista Quatro Rodas, o código morse na trilha sonora do primeiro teaser do modelo já revelava: o novo Jeep Commander está chegando.

Até então apelidado de Grand Compass, o novo 7 lugares da Stellantis dividirá diversos componentes com o SUV médio recém renovado. Mas, em diversas ocasiões, a marca fez questão de reforçar que o Commander não é só um Compass esticado com dois lugares a mais.

Prova disso é que o visual de ambos será totalmente distinto. O Commander terá inspiração nos novos Wagoneer e Grand Cherokee L. Isso fica evidente na dianteira mais reta e agressiva, com frisos cromados fazendo a conexão entre os faróis. A grade será maior que a do Compass e os faróis terão desenho totalmente diferente.

O teaser também revela a silhueta mais quadrada do modelo. Ele terá as mesmas portas dianteiras do Compass, mas as traseiras serão maiores. Isso se da por conta do entre-eixos ampliado e também para facilitar a entrada dos passageiros na terceira fileira de bancos. O vidro traseiro também é mais reto que o do SUV médio mais vendido do Brasil.

Na traseira, lanternas conectadas novamente fazem um aceno visual aos irmãos Wagoneer e Grand Cherokee L. No Commander, um filete contínuo de LEDs é acompanhado por pequenos pontos luminosos na parte inferior.

Jeep Commander  [Auto+ / Thiago Guerra]
Jeep Commander [Auto+ / Thiago Guerra]

Flex e diesel

A Jeep não deu mais detalhes sobre o novo Commander, mas já adiantou em outras oportunidades um pouco sobre sua motorização. Ele terá versões flex e diesel, como Renegade e Compass. Os modelos de entrada usarão o 1.3 GSE Turbo flex de 185 cv e 27,5 kgfm de torque associado ao câmbio automático de seis marchas.

Já as versões diesel contarão com o 2.0 MultiJet II quatro cilindros turbo. Atualmente esse motor entrega 170 c e 35,7 kgfm de torque. Contudo, rumores apontam para uma recalibração para 200 cv e cerca de 40 kgfm de torque. Era para esse novo acerto ser usado em Compass e Fiat Toro, mas aparentemente ele será exclusivo do Jeep Commander.

>>Wrangler Rubicon é tudo que um Jeep sonha ser | Avaliação

>>Dacia Bigster é revelado e com ele Renault brigará com o Jeep Compass

>>Honda N7X, SUV 7 lugares estilo Jeep Commander, já tem data de estreia

Sobre o autor

João Brigato

Comente

Clique aqui para comentar