Curiosidades Destaque Novidades

Jetta será o nome da marca de baixo custo da Volkswagen

Nova marca deverá ser exclusiva do mercado Chinês
Volkswagen Jetta (divulgação)

Um dos sedãs mais vendidos e populares da Volkswagen, o Jetta, vai virar marca própria na China. Sim, a Volkswagen vai transformar o nome do sedã derivado do Golf em uma espécie de submarca da Volkswagen na China, assim como a Dacia está para a Renault.

Depois de criar a SOL, empresa criada em conjunto com a JAC Motors no mercado chinês com enfoque em carros elétricos, agora a marca alemã pretende criar uma marca de baixo custo para atrair o público mais jovem na China.

Volkswagen Jetta (divulgação)

O primeiro carro a usar a nova marca Jetta será o próprio Jetta, mas não o que conhecemos (e que acabou de receber o mesmo motor do Golf GTI), mas sim uma versão produzida localmente pela Volkswagen e que tem parentesco com o Santana chinês. De acordo com informações do site Carscoops, o modelo se chamará VA3 e ainda contará com a companhia de outros dois modelos.

Seat Ateca (divulgação)

Um deles será o SUV primo do T-Cross o Seat Ateca, que deve receber um novo design dianteiro e traseiro para se adequar a nova linguagem visual. Por lá ele será chamado de VS5, e também ganhará a companhia do Seat Tarraco – primo espanhol do Tiguan AllSpace, que passará a ser chamado de VS7.

Seat Tarraco (divulgação)

Design, preço e outros detalhes serão conhecidos em abril, quando ocorre o Salão do Automóvel de Xangai. E vai ser por lá que a marca Jetta fará sua estreia de forma oficial.

Veja mais:

>> Volkswagen Jetta tem nova versão “de entrada” por R$ 99.990

>> VW Golf de 8ª geração é flagrado na Europa

>> Volkswagen Passat ganha “leve” tapa no visual

Sobre o autor

Kleber Silva

Kleber Silva

Comente

Clique aqui para comentar

Vídeo

Triumph T120 Black: uma clássica Bonneville com pegada agressiva