Destaque Novidades

Kia registra Sportage 2023 híbrido europeu no Brasil

No mundo existem duas variantes do Kia Sportage e, pelo que indicam registros, teremos a versão menor no Brasil, mas com motor híbrido
Kia Sportage [divulgação]
Kia Sportage 2023 [divulgação]

Quando Hyundai e Kia revelaram as novas gerações globais de Tucson e Sportage, as marcas sul-coreanas apresentaram opções diferentes para países distintos. Os dois modelos contam com variantes longas para os EUA e China, enquanto a Europa recebe as versões curtas. Ao que tudo indica, o Brasil seguirá o padrão europeu.

Registrado no INPI, o Kia Sportage 2023 a ser vendido no Brasil será da versão curta europeia. Isso fica evidente pelo desenho da traseira, que não conta com vidro na coluna C, enquanto a versão  alongada tem uma vigia extra. Além disso, o comprimento é encurtado em 13,3 cm.

É uma lógica parecida com os VW Tiguan e Tiguan Allspace, mas a variante longa do Kia Sportage não tem sete lugares. Ou seja, o modelo que será vendido no Brasil tem porte praticamente idêntico a atual geração do Sportage e de seu defasado primo Hyundai Tucson.

Opções vastas

Por ser a versão europeia do Kia Sportage, a marca tem diversas opções de motores que podem ser usados no Brasil. A Kia já prometeu a eletrificação de sua linha e a vantagem do SUV médio é que ele conta com variantes híbrida normal, híbrida plug-in e micro-híbrido como o novo Stonic.

Todos os Sportage são 1.6 quatro cilindros turbo, o que muda é o auxilio elétrico. No micro-híbrido um pequeno motor elétrico substitui o alternador para atingir 150 cv ou 180 cv (a Kia oferece essas duas opções de potência). No híbrido comum, a força sobe para 230 cv. Já o híbrido plug-in entrega 265 cv. A transmissão é sempre dupla embreagem de sete marchas.

Kia Sportage 2023 [divulgação]

Polêmico

Além da alma eletrificada, outro grande chamariz do novo Kia Sportage 2023 é o visual. Claramente polêmico e diferentão, o SUV médio chama atenção por sua dianteira ousada. Os faróis formam setas com os LEDs diurnos dando maior destaque para a gigantesca grade frontal dividida em duas partes que formam o típico nariz de tigre da Kia.

Atrás, lanternas interligadas por um fino filete de LED tem desenho orgânico e limpo. A tampa do porta-malas carrega a placa em uma área preta de destaque, enquanto o logo da Kia fica no alto. Com materiais mais nobres, a cabine deu um salto de qualidade. As telas paralelas e o console central alto dão ar premium ao novo Sportage.

Kia Sportage 2023 [divulgação]
[divulgação]

>>5 carros que quase foram vendidos no Brasil, mas as marcas desistiram

>>Kia Carens volta como veículo recreacional, mas é minivan rival da Spin

>>Kia Carnival tem porta que pode sair voando sozinha

Sobre o autor

João Brigato

Comente

Clique aqui para comentar