Destaque Novidades

Mercedes-Benz terá carro elétrico com 1.000 km de autonomia

Diferentemente do SUV chinês que alega quer mais de 1.000 km de autonomia, Mercedes-Benz promete uso no mundo real
Mercedes-Benz Vision EQXX [divulgação]

Se antes a guerra era pelo título de carro elétrico mais rápido do mundo, coroa hoje pertencente ao Tesla Model S Plaid, agora a corrida é pela autonomia. Na China, o SUV GAC Aion LX Plus alega já ter essa autonomia, mas de acordo com o ciclo NEDC que é mais tolerante. Contudo, a Mercedes-Benz agora promete 1.000 km de autonomia real.

O conceito Vision EQXX será apresentado em 3 de janeiro do próximo ano. Mas ele já foi anunciado pelo COO da Mercedes-Benz, Markus Schäfer em seu LinkedIn. O executivo afirmou que a ideia do conceito é que ele apresente 1.000 km de autonomia no mundo real. Ou seja, nada de ciclo NEDC ou WLTP como normalmente são medidas as capacidades dos carros elétricos.

“Como sabem, estamos trabalhando na tradução de nossa ambição estratégica do plano ‘Lead in Electric Drive’ em um carro há algum tempo. Agora, o Vision EQXX está pronto para se tornar o veículo elétrico mais eficiente que já criamos com um alcance real de mais de 1.000 km.”, comentou o executivo em sua postagem na rede social.

Mercedes-Benz Vision EQXX [divulgação]
A ideia é que ele tenha baterias de alta densidade, mas também o consumo energético mais baixo do mercado. Hoje o carro elétrico mais econômico à venda no mercado é o Tesla Model 3 de tração dianteira. Ele consome 14 kWh a cada 100 km. A Mercedes-Benz pretende que o EQXX faça menos de 10 kWh a cada 100 km.

“Estamos examinando cada parta da construção para eficiência e não apenas focando em elementos individuais. Nossa equipe de projetos é interdisciplinar, repleta de especialistas em suas respectivas áreas. No Vision EQXX, eficiência energética, desenvolvimento do conceito do carro, integração do sistema elétrico, software e design estão trabalhando lado a lado”, comenta Schäfer.

Mercedes-Benz Vision EQXX [divulgação]

>>SUV chinês é o primeiro elétrico com 1.000 km de autonomia

>>Além de comprar fábrica da Mercedes, Great Wall tem modelo Brabus

>>Mercedes-Benz Classe C já pode ser reservado no Brasil por R$ 349.900

Sobre o autor

João Brigato

Comente

Clique aqui para comentar