Destaque Mercado

Mercedes-Benz também interrompe fábricas no Brasil por causa do Covid

Assim como a Volkswagen, Mercedes-Benz decide interromper suas fábricas no Brasil em virtude da pandemia do Coronavírus
Mercedes-Benz Sprinter 2020 (divulgação)

Enquanto Chevrolet e Honda têm fábricas paradas por desabastecimento de componentes, algumas marcas também decidiram suspender atividades. Depois da Volkswagen, agora a Mercedes-Benz anunciou que vai parar suas plantas no Brasil em virtude da segunda onda de contaminação do Coronavírus.

Com o agravamento dos casos de Covid-19 com consequente aumento no número de óbitos e internações, a Mercedes-Benz do Brasil anunciou a paralização temporária de suas fábricas. As plantas de São Bernardo do Campo, interior de São Paulo, e Juiz de Fora, Minas Gerais, terão suas atividades suspensas por 10 dias.

A suspensão ocorrerá entre 26 de março e 5 de abril. Após esse período, a Mercedes-Benz oferecerá a grupos alternados de funcionários produtivos férias coletivas. Segundo a marca, todos de acordo com o planejamento fabril para manter distanciamento social maior e continuar a atender às demandas de produção.

Mercedes-Benz GLB Advance [divulgação]
“O nosso intuito, alinhado com o Sindicato dos Metalúrgicos, é contribuir com a redução de circulação de pessoas neste momento crítico no país, administrar a dificuldade de abastecimento de peças e componentes na cadeia de suprimentos, além de atender a antecipação de feriados por parte das autoridades municipais”, diz a marca em comunicado.

A Mercedes-Benz ainda ressalta que as concessionárias continuam em funcionamento. Isso vale tanto para a linha de modelos de passeio quanto para caminhões, ônibus e linha Sprinter, comercializados em uma rede separada e independente. As respectivas oficinas ficam abertas e planos de manutenção continuam a serem cumpridos a contento.

Mercedes-Benz C 63 AMG S [Auto+ / João Brigato]
Mercedes-Benz C 63 AMG S [Auto+ / João Brigato]
Ainda em seu comunicado oficial à imprensa, a Mercedes afirma que suas revendas continuam “seguindo todas as medidas preventivas, com exceção daquelas localizadas em estados ou cidades em que há orientação do poder público de interrupção das atividades”.

>>Volkswagen suspende produção no Brasil por causa do Covid-19

>>Chevrolet S10 e Onix, além do Honda Civic, têm produção reduzida

>>Mercedes-Benz C 63 AMG S e a triste despedida do motor V8 – Avaliação

Sobre o autor

João Brigato

João Brigato

Comente

Clique aqui para comentar