Destaque Novidades

Mini Jeep Renegade terá versão a gasolina: se cuida Fiat Pulse?

Com plataforma de Peugeot 208 e porte de Fiat Pulse, o Mini Jeep Renegade deve, de fato, se tornar um projeto global
Mini Jeep Renegade [Carscoops]
Mini Jeep Renegade [Carscoops]

Anunciado como primeiro modelo 100% elétrico da Jeep, o mini Renegade (ou Jeepster como pode ser chamado oficialmente) parecia que teria apenas um objetivo: ser vendido na Europa como modelo ecologicamente correto da marca. Contudo, um flagra publicado pelo Carscoops revelou um certo detalhe e que pode tirar o sono do Fiat Pulse.

O mini Renegade terá versões a combustão. O flagra mostrou uma variante do modelo com saída de escape. E desde quando um carro elétrico tem saída de escape? Pois é. Ajuda o fato de que o SUV subcompacto é construído sobre a plataforma SLTA Small, a versão rebatizada da base CMP do Peugeot 208 e do Opel Corsa.

Essa base é bastante flexível, permitindo a construção de carros totalmente elétricos e também a combustão, sem a necessidade de modificações. Prova disso é que todo modelo com essa base tem versão a combustão e elétrica, como o caso do Peugeot 208 e seu irmão eletrificado, o e-208.

Mini Jeep Renegade [Carscoops]
Mini Jeep Renegade [Carscoops]
O mini Jeep Renegade seguirá a mesma lógica com versões a combustão e elétrica. A elétrica será destinada à Europa, que vai proibir a venda de carros a combustão muito em breve. Já as versões a combustão serão destinadas a países e regiões onde os modelos elétricos ainda não são totalmente difundidos, entre eles a Índia e potencialmente o Brasil.

Base Peugeot, motor Fiat

Como todos os próximos modelos da Stellantis no Brasil usarão as plataformas STLA Small e STLA Medium, faz sentido já investir para produzir essa base por aqui. Hoje, a fábrica da Argentina da Peugeot já faz o 208 com essa base e a de Porto Real, no Rio de Janeiro, já faz as primeiras unidades do Citroën C3 também com essa plataforma.

Mini Jeep Renegade [Carscoops]
Mini Jeep Renegade [Carscoops]
Não fica difícil imaginar o mini Renegade sendo fabricado na Argentina ou no estado do Rio de Janeiro junto de seus primos Peugeot e Citroën. Como a base também já está preparada para os motores da Fiat, o modelo poderá usar o 1.0 T270 três cilindros turbo flex que hoje está somente no Pulse, mas que eventualmente chegará ao Peugeot 208.

Por falar em Fiat Pulse, ele pode ser o grande problema do mini Renegade. A Stellantis demorou para tornar a Fiat uma fabricante de SUVs no Brasil. O Pulse foi um modelo que lutou para nascer por aqui e já está ganhando um derivado, o Fastback. O novo modelo invadirá a faixa de preços do Renegade, mas com uma pegada mais urbana e esportiva.

Mini Jeep Renegade [Carscoops]
Mini Jeep Renegade [Carscoops]
Pulse e Mini Renegade, apesar do visual completamente diferente, disputariam um público bem semelhante. Ainda que o Fiat seja intensamente ligado ao Argo e tenha ares de hatch aventureiro e o Jeep pareça um SUV de fato. Se o Fastback não roubar muitas vendas do Renegade e o Pulse manter o sucesso que obtém, as chances do Mini Renegade aumentam.

>>Peugeot e-208 custa 2 vezes um 208, mas é o dobro de carro | Avaliação

>>Jeep Renegade Trailhawk quebra todos os estigmas do meme | Avaliação

>>Mini-Renegade com base de Peugeot 208 pode se chamar Jeepster

Sobre o autor

João Brigato

2 Comentários

Clique aqui para comentar