Destaque Novidades

Mitsubishi lança Outlander Sport, que não substitui o ASX

Preços vão de R$ 119.990 a R$ 138.990 na versão com tração integral 4×4
Mitsubishi
Mitsubishi Outlander Sport (divulgação)

Para disputar mais uma fatia do mercado de SUVs, a Mitsubishi lança o Outlander Sport. Apesar das semelhanças, o utilitário não substitui o ASX, apenas complementa a gama com três diferentes versões de acabamento: GLS 2WD (R$ 119.990), HPE 2WD (R$ 132.990) e HPE AWD (R$ 138.990). O irmão mais velho permanece em cena em única configuração (GLS), que não sai por menos de R$ 112.990.

Mitsubishi
Mitsubishi Outlander Sport (divulgação)

No design, a carroceria é a mesma do ASX, salvo a dianteira, que segue o padrão de outros SUVs da marca, como Eclipse Cross, Pajero Sport e Outlander. Grade, para-choque, faróis (full LED), tudo foi renovado. Atrás, apenas redesenho da parte interna das lanternas e, também, novo para-choque. Rodas em estilo diamantado com 18″ são de série.

O modelo produzido em Catalão (GO), tem sistema de entretenimento de última geração feito pela JBL. Compatível com os sistemas Apple CarPlay e Google Android Auto, o multimídia tem tela sensível ao toque de 7 ou 9 polegadas, dependendo da versão.

Mitsubishi
Mitsubishi Outlander Sport (divulgação)

Tem ainda, desde a versão de entrada, direção elétrica, ar-condicionado automático, air bag duplo, controles eletrônicos de estabilidade e de tração, freios a disco nas quatro rodas com antitravamento e distribuição eletrônica, assistente de saída em rampas, Isofix, sistema de monitoramento da pressão dos pneus e câmera de ré, entre os itens.

A partir da HPE, tem chave presencial para portas e motor, bancos revestidos em couro e com aquecimento (dianteiros). Aqui, a grade frontal é prateada com acabamento em preto brilhante, e tem sensores de chuva e luminosidade, além de mais air bags – laterais, de cortina e para os joelhos do motorista.

Mitsubishi
Mitsubishi Outlander Sport (divulgação)

Motorização permanece
Todas as versões do novo Outlander Sport permanecem com o motor usado pelo ASX, o 2.0 16V flex com quatro cilindros e 170 cv de potência máxima (160 cv com gasolina). O torque fornecido às rodas é de até 23 kgfm a 4.250 rpm. A caixa é CVT (continuamente variável) que, no Sport Mode, simula seis marchas – com opções de trocas por meio de paddle-shifters atrás do volante.

Veja mais:

>> Ford Ranger é a líder do segmento em junho

>> Goodyear lança pneu para linha GTS da Volkswagen

>> Mitsubishi L200 Triton 2021 tem preços entre R$ 149.990 e R$ 203.990

Sobre o autor

Vagner Aquino

Vagner Aquino

Comente

Clique aqui para comentar

Vídeo

Triumph T120 Black: uma clássica Bonneville com pegada agressiva