Destaque Mercado

Mustang vende mais que Arrizo 5 em 2021, Corolla supera SUVs e mais

Entre as surpresas do fechamento do ano de 2021 temos um sedã da CAOA Chery vendendo menos que o Ford Mustang
Toyota Corolla
Ford Mustang Mach 1 [divulgação]

Com o fechamento das vendas de 2021, alguns cenários foram se desenhando. Além de a Fiat Strada ter acabado com o reinado do Chevrolet Onix e do Hyundai HB20 ser o hatch mais vendido do Brasil, alguns outros feitos são notáveis. Como por exemplo: sabia que o Ford Mustang vendeu mais que um sedã da CAOA Chery? E que o Toyota Corolla vende mais que quase todos os SUVs?

Mustang vs. Arrizo 5

O CAOA Chery Arrizo 5 foi o sedã compacto menos vendido do Brasil em 2021. Mesmo Toyota Etios e Ford Ka Sedan, aposentados há um bom tempo, conseguiram emplacar mais que o sedã chinês. Com 438 unidades vendidas, segundo a Fenabrave, ele vendeu menos que o Ford Mustang, que emplacou 485 unidades em um ano

O muscle-car chegou em julho na nova versão Mach 1, enquanto o CAOA Chery teve todo o ano à sua disposição. Isso porque o Arrizo 5 se despediu custando menos de R$ 100 mil, enquanto o Mustang Mach 1 não sai por menos de R$ 545.000 (lançado por R$ 523.950).

Toyota Corolla
CAOA Chery Arrizo 5 [divulgação]

Corolla ainda é o rei

Apesar de muitos decretarem que os sedãs foram mortos pelos SUVs, o Toyota Corolla discorda totalmente disso. Com 41.891 unidades vendidas em 2021, ele só teve menos emplacamentos que cinco SUVs: Jeep Renegade (73.913 unidades), Jeep Compass (70.906 unidades), Hyundai Creta (64.759 unidades), VW T-Cross (62.307 unidades) e Chevrolet Tracker (50.757 unidades).

Toyota Corolla Altis Premium [Auto+ / João Brigato]
Toyota Corolla Altis Premium [Auto+ / João Brigato]
Em uma categoria em que somente de SUVs compactos, o número de concorrentes se aproxima de 20, o Corolla como um sedã médio ainda vender mais que a metade da categoria é um feito considerável. Além disso, com 34.249 unidades vendidas, seu irmão SUV Corolla Cross ainda vende menos que ele.

Mais peruas

Fiat Weekend Adventure (divulgação)

Durante 2021, apenas duas peruas foram vendidas oficialmente no Brasil: Audi RS 6 e RS 4. Havia ainda estoques remanescentes de 8 unidades da Fiat Weekend e 4 da Volkswagen SpaceFox. Juntas, elas venderam exatamente a mesma coisa do Chevrolet Bolt: 132 unidades. Uma categoria praticamente morta se igualando a um hatch elétrico do futuro.

Cerato e 911 quase lá

Se a situação de CAOA Chery Arrizo 5 e Ford Mustang já chama atenção, o que dirá então de Porsche 911 e Kia Cerato. O esportivo alemão ficou a 100 unidades de empatar com o sedã médio. Isso porque o 911 tem versões que passam de R$ 1 milhão, enquanto o Cerato é vendido em duas versões com preços entre R$ 132.990 e R$ 148.990.

Porsche 911 Turbo S [Auto+ / João Brigato]
Nunca se vendeu tanto Porsche 911 no Brasil quanto em 2021, totalizando 878 unidades contra 978 do Kia Cerato. O sucesso do 911 também respingou em outros esportivos, como prova a ascensão do Ford Mustang.

Picape gigante e picape pequena

Fora de linha desde maio, a Chevrolet Montana vendeu menos unidades em 2021 do que a gigantesca RAM 2500. Enquanto a picape compacta era voltada ao trabalho e tinha preços convidativos, a 2500 beira meio milhão de reais e só pode ser conduzida com carteira C. Ao todo, foram vendidas 2.182 unidades da RAM 2500 contra 2.182 unidades da Montana.

RAM 2500
RAM 2500 Quarto de Milha [divulgação]

Dentro de casa

Apesar de sua produção ter sido encerrada no começo de 2021, o Ford EcoSport conseguiu vender mais que o Territory. O SUV compacto brasileiro teve 2.992 unidades emplacadas, mais que as 2.231 unidades do novato Territory importado da China. Coincidentemente, ambos ganharam do Bronco Sport, que nem aparece no top 40 da Fenabrave.

Ford Territory [divulgação]
Ford Territory [divulgação]

Sete com sete

Antes da chegada do Jeep Commander, o único modelo de sete lugares da Stellantis no Brasil era o Fiat Doblò. Aposentado na virada do ano, ele vendeu 5.355 unidades. Um número bem mais expressivo que os 3.715 emplacamentos do Commander. A diferença é que em 2021 a carreira do Jeep só começou, enquanto a do Fiat terminou.

Dupla aposentadoria

O ano de 2021 foi marcado como o último da vida dos Honda WR-V e Fit. Ambos serão indiretamente substituídos pelo novo City hatch, mas uma surpresa foi vista no ranking. Com 7.138 unidades vendidas, o Fit ficou para trás do WR-V com suas 10.329 unidades emplacadas. Surpresa pois público e crítica elogiam mais o hatch que o pseudo-SUV.

Peugeot 208 vs Honda WR-V [Auto+ / João Brigato]
Peugeot 208 vs Honda WR-V [Auto+ / João Brigato]

Ascenção do leão

Depois da entrada da Stellantis no Brasil, o Peugeot 208 teve novo fôlego nas vendas. O hatch compacto francês produzido na Argentina agora já vende mais que o Fiat Grand Siena, aposentado na virada do ano. Foram 16.342 unidades emplacadas do 208 contra 15.355 unidades do sedã do Palio em 2021.

>>Sem Uno, Siena, Doblò e outros 8 carros: como fica a Fiat em 2022?

>>Fiat Strada e Hyundai HB20 são carros mais vendidos do Brasil em 2021

>>As 5 maiores mentiras que te contam sobre os carros

Sobre o autor

João Brigato

Comente

Clique aqui para comentar

Vídeo

Triumph T120 Black: uma clássica Bonneville com pegada agressiva