Novidades

Nissan começará a trocar baterias do Leaf no Japão

Ação deve aumentar valor de revenda de carros elétricos
Nissan Leaf (divulgação)

A Nissan iniciará a partir de maio seu programa de troca de baterias para o modelo elétrico Leaf, no Japão. E quem pretende um dia ter um veículo elétrico, é bom ficar de olho nesse tipo de movimento, já que o Leaf está confirmado para desembarcar no Brasil no ano que vem.

Segundo a marca japonesa, os proprietários de Leaf poderão trocar suas baterias usadas por outras novas produzidas pela empresa 4R Energy (parceira do programa), desde que façam o pagamento de uma taxa. Num primeiro momento, a Nissan disponibilizará no Japão baterias recondicionadas de 24 quilowatts-hora por 300 mil ienes cada, com planos de diversificar as opções futuramente. Os custos de troca serão de 650 mil ienes para as baterias 24 kWh, 800 mil ienes para as de 30 kWh e 820 mil ienes para as 40 kWh.

O objetivo da Nissan é recuperar as baterias usadas, já que elas aumentarão significamente por conta da maior procura por veículos elétricos. Com isso, a fabricante espera que possa reduzir os custos de substituição de baterias e ainda subir o valor de revenda dos carros elétricos no mercado de usados.

Se isso se concretizar, os donos deverão adiar o momento da venda de seus carros elétricos ao conseguirem trocar suas baterias, aumentando a experiência a bordo deste tipo de veículo. Consequentemente, isso vai promover o uso e ajudar a reduzir as emissões de CO2.

Até hoje, a Nissan vendeu mais de 300 mil Leaf em todo o mundo.

Veja mais:

>> Nissan confirma novo Leaf para o Brasil em 2019

>> Toyota inicia testes com protótipo de Prius flex

>> Super elétrico: Rimac C_Two vai de 0 a 100 km/h em 1,85 segundo

Sobre o autor

Redação

Comente

Clique aqui para comentar