Destaque Novidades

Nissan Leaf passará a ser vendido em 44 concessionárias no Brasil

Atualmente apenas sete revendas Nissan podem vender o Leaf, mas agora a nova expansão abrangerá todo o Brasil
Nissan Leaf [divulgação]
Nissan Leaf [divulgação]

Ainda que tenha sido uma das primeiras marcas a trazer um carro elétrico para o Brasil, a Nissan tem atuado com cautela nesse segmento por aqui. Em seu novo plano de expansão, o hatch elétrico Nissan Leaf passará a ser vendido em 44 concessionárias por todo o país, ante as atuais sete revendas que comercializam o modelo.

A nova etapa da Nissan no Brasil tem relação direta com seus planos lentos, mas calculados, com carros elétricos no país. Tudo começou ainda na primeira geração do Leaf, que foi importada apenas para ser usada como taxi, bombeiro e policial, além de rodar por feirões da marca por todo o país.

A segunda geração chegou já para o público final, sendo oferecida somente em sete revendas da marca no país. Ele se tornou um dos modelos elétricos mais comercializados do Brasil, mas a atuação ainda era tímida. Para corrigir isso, a Nissan vai ampliar para 44 revendas as habilitadas e autorizadas a vender o elétrico Leaf.

Nissan Leaf [divulgação]
Nissan Leaf [divulgação]
“Mesmo disponível apenas em 7 lojas, o Nissan Leaf se transformou em um dos carros elétricos mais vendidos do Brasil. Foi um período importante para entendermos melhor as características dos clientes deste segmento ainda em formação e nos deu a base para planejar esse novo passo e decidirmos mais do que quintuplicar a rede. Estamos preparados e com as baterias carregadas para levarmos os elétricos para outro patamar no mercado nacional”, afirma Tiago Castro, diretor sênior de Marketing e Vendas da Nissan do Brasil.

Ao todo, os 15 estados e o Distrito Federal terão ao menos uma revenda habilitada para vender o Leaf. A marca implementará postos de carregamento nas revendas que oferecerão o Leaf, além de preparar e treinar o time de pós-venda para atender aos reparos necessários para o carro elétrico.

>>Ford Ranger despenca e vende menos que Nissan Frontier em junho

>>Nissan Tiida ainda está vivo, mas usa motor de Versa e Kicks

>>Nissan Versa Sense Manual: mais legal e racional que deveria | Avaliação

Sobre o autor

João Brigato

Comente

Clique aqui para comentar