Destaque Novidades

Novo Papamóvel pode ser um SUV elétrico para substituir o Duster

Fisker Ocean pode ser a base para o novo Papamóvel. Atualmente quem faz esse papel é um Dacia (Renault) Duster
Papamóvel Fisker Ocean [divulgação]
Papamóvel Fisker Ocean [divulgação]

Renascida como uma marca de carros elétricos, mas que ainda não estão à venda, a Fisker quer agora ter a benção papal. Henrik Fisker, dono da marca, revelou planos para o próprio Papa Francisco a ideia de um novo Papamóvel. Esser novo veículo substituiria o Dacia (Renault) Duster que atualmente realiza essa função.

As imagens produzidas por Photoshop pela própria Fisker revelam as linhas do novo Papamóvel. A ideia seria manter toda estrutura do SUV elétrico Ocean, adicionado somente o espaço para o pontífice. Francisco poderá acenar para o público através de uma redoma de vidro blindado.

Essa estrutura surge a partir da coluna B até a coluna C, sendo recoberta na parte superior para garantir um pouco de sombra. Ao contrário de outros Papamóveis, a parte traseira do SUV elétrico permaneceria totalmente inalterada.

Papamóvel Fisker Ocean [divulgação]
Papamóvel Fisker Ocean [divulgação]
“Eu me inspirei ao ler que o Papa Francisco é muito preocupado com o meio ambiente e as mudanças climáticas para as futuras gerações”, relata Henrik Fisker. Por isso, o executivo explica que “o interior do Fisker Ocean Papamóvel terá uma variedade de matérias sustentáveis, incluindo carpete feito de garrafas plásticas recicladas do oceano”.

O Fisker Ocean, vale lembrar, traz conjunto de motores elétricos que, juntos, rendem 306 cv. Ele tem baterias de 80 kWh que garantem autonomia total entre 402 km e 482 km. Em caso de necessidade de recarga rápida, ele recupera 321 km de autonomia em apenas meia hora em carregadores de alta velocidade.

Papamóvel Fisker Ocean [divulgação]
Papamóvel Fisker Ocean [divulgação]
Entre seus destaques está o teto solar panorâmico com células fotovoltaicas que carregam parte das baterias. Além disso, ele tem vidro traseiro deslizantes como na primeira geração do Toyota SW4, que ainda era chamado de Hilux SW4.

>>Avaliação: Duster é o melhor Renault feito nos últimos anos

>>Audi e-tron S Sportback vai contra toda realidade | Impressões

>>Renault Zoe evolui tanto que parece outro carro | Impressões

Sobre o autor

João Brigato

Comente

Clique aqui para comentar