Novidades Serviço

O que fazer (e não fazer) durante uma enchente

O CESVI dá dicas de como e o que fazer com seu carro durante uma enchente
Dicas contra Enchentes (divulgação)

Verão e sol – geralmente essas palavras vem acompanhadas da expressão férias, mas é também no verão em que acontecem muitas chuvas e com elas vem as temidas enchentes. P

Pensando nisso, o CESVI (Centro de Experimentação e Segurança Viária) criou um guia com dicas sobre como se preparar para lidar com as enchentes.

Dicas contra Enchentes (divulgação)

A enchente é um grande risco para o bolso do motorista, principalmente pelos problemas mecânicos. Dependendo do nível da água, ela pode atingir o motor criando o calço hidráulico, além de contaminar o óleo do motor e causar panes na transmissão.

Além dos problemas mecânicos, a parte elétrica pode ser a mais prejudicada ao ter a caixa de fusíveis, os módulos, relês, conectores, faróis, conjuntos ópticos e lanternas atingidos pela água suja.

Dicas contra Enchentes (divulgação)

Outro ponto importante é a atitude do motorista que atravessa áreas alagadas. O conselho que fica é para que o condutor não arrisque, mas, se precisar passar em trechos com água, que seja apenas em locais que já conheça, em trechos curtos nos quais o alagamento esteja no máximo até a altura da metade das rodas do carro, como é informado no manual do proprietário.

E que seja utilizada a primeira marcha engatada, sem elevar demais a aceleração para evitar a admissão de água para o interior do motor.

3 dicas para evitar prejuízos:

  • Como manutenção preventiva relacionada ao período de chuvas, verifique o estado atual de pneus e palhetas do para-brisa.
  • Confira também todas as luzes do veículo, como setas, faróis e luzes de freio.
  • Se o carro morrer em enchentes, não dê a partida novamente. A ação força o motor e pode piorar ainda mais o quadro mecânico e de pane elétrica.

O que ver no pós-enchente:

  • Entre os itens mecânicos, é necessário observar primeiro o óleo do motor.
  • Verifique se a água atingiu as áreas de admissão de ar, como o filtro de ar, dutos e coletor de admissão.
  • É importante identificar se o veículo teve algum dano em bielas e nos pistões no caso da admissão de água no interior do motor durante o funcionamento ou após uma partida.
  • Na caixa de transmissão, verifique se não houve contaminação do óleo. O alerta é ainda mais importante no caso de veículos com transmissão automática.

Veja mais:

>> CESVI dá dicas de como economizar combustível

>> Cesvi dá dicas sobre limite de velocidade

>> Volkswagen garante 7 prêmios na avaliação do CESVI

Sobre o autor

Kleber Silva

Kleber Silva

Comente

Clique aqui para comentar

Encontre peças e acessórios





Vídeo

Triumph T120 Black: uma clássica Bonneville com pegada agressiva