Curiosidades Destaque

Os dez carros mais fracos à venda no Brasil

No quesito potência, esses dez carros são os com menos cavalos à disposição atualmente vendidos no Brasil. Surpresa: há um elétrico e um SUV
Chevrolet Joy Black [divulgação]
Chevrolet Joy Black [divulgação]

Recentemente revelamos aqui a lista dos dez carros mais potentes à venda no Brasil. Mas e o outro lado da moeda? Quais são os modelos menos potentes disponíveis em terras nacionais? A lista é dominada por modelos 1.0, mas há casos também de carros com motores maiores e ainda assim pouco potentes.

Vale ressaltar que alguns desses carros ainda não foram adequados aos novos protocolos do Proconve L7, o que pode alterar a potência final no ano que vem.

  1. Effa K01 – 53 cv

carros
Effa K01 [divulgação]
Alguém se lembra que a Effa ainda existe no Brasil? Além da CAOA Chery, JAC e BYD, a Effa vende diversos carros chineses de montadoras diferentes no país. E é dela o título de modelo menos potente com a picape K01 com seu motor 1.0 de 53 cv e 7,7 kgfm de torque.

  1. JAC E-JS1 – 62 cv

carros
JAC E-JS1 [Auto+ / João Brigato]
Assim como o Porsche Taycan era o único elétrico entre os carros mais potentes do Brasil, o JAC E-JS1 representa os movidos a bateria na lista dos com menos cavalos. Apesar dos 62 cv apenas, ele tem torque de 15,5 kgfm, que é equivalente a um motor 1.4 turbo.

  1. Renault Kwid – 70 cv

Renault Kwid Zen [Auto+ / João Brigato]
Renault Kwid Zen [Auto+ / João Brigato]
Com mudanças programadas para o próximo ano, incluindo motor mais potente, o Renault Kwid é o primeiro nacional da lista. Com seu 1.0 três cilindros, ele também é o primeiro flex a figurar por aqui. O torque de 10 kgfm, no entanto, não é o menor da lista.

  1. Fiat Grand Siena, Mobi e Uno – 75 cv

Compartilhando o motor 1.0 Fire quatro cilindros aspirado, os irmãos Grand Siena, Mobi e Uno da Fiat figuram em quarto lugar. Vale destacar que o Siena sai de linha na virada do ano, assim como o Uno. Contudo, o sedã não terá edição de despedida como o hatch. O motor de 75 cv e 9,9 kgfm fica no Mobi, mas pode mudar os números para se adequar ao Proconve L7.

  1. Fiat Argo – 77 cv

carros
Fiat Argo S-Design [Auto+ / João Brigato]
Atualmente único Fiat com 1.0 três cilindros Firefly aspirado, o Argo emprestará ao seu irmão Cronos o motor no ano que vem. Até lá, no entanto, ele pode passar por mudanças para se adequar à nova lei. Nos números, contudo, entrega 77 cv e saudáveis 10,9 kgfm de torque.

  1. Effa V21, V22 e V25 – 78 cv

Effa V21 [divulgação]
Olha a Effa aqui de novo! Mas dessa vez com as vans e furgões pequenos V21, V22 e V25. Esse trio é o único aqui presente só não é o único a não contar com motor 1.0 por causa do Suzuki Jimny e do elétrico JAC E-JS1. São 78 cv providos por um 1.3 que ainda tem 10,5 kgfm de torque.

  1. Chevrolet Joy e Joy Plus / Hyundai HB20 e HB20S – 80 cv

Escolas diferentes, mas potências iguais. Os antiquados Chevrolet Joy e Joy Plus (que devem sair de linha na virada do ano), usam motor 1.0 quatro cilindros. Já os irmãos HB20 e HB20S da Hyundai, que serão reestilizados em breve, usam um três cilindros. Nos Hyundai o torque é de 10,4 kgfm, enquanto os Chevrolet entregam 9,8 kgfm.

  1. Chevrolet Onix e Onix Plus / Renault Sandero e Logan – 82 cv

Em momentos diferentes de suas carreiras, os Chevrolet Onix e Onix Plus contam com motor 1.0 três cilindros tal qual seus rivais Renault Sandero e Logan. Os quatro entregam 82 cv, mas o torque dos franceses é de 10,1 kgfm conta 10,6 kgfm dos modelos da GM.

  1. Suzuki Jimny – 85 cv

carros
Suzuki Jimny (divulgação)

Único SUV da lista, o Suzuki Jimny entrega apenas 85 cv e 11,2 kgfm de torque. Contudo, entre os carros da lista, somente ele é capaz de encarar uma forte trilha off-road e passar por ela sem a menor dificuldade.

  1. Fiat Fiorino – 86 cv

carros
Fiat Fiorino 2022 [divulgação]
Dos carros da Fiat com motor 1.4 Fire, somente o novo Fiorino tem o novo acerto para atender ao Proconve L7. Nesse novo layout, o furgão entrega 84 cv e 12,2 kgfm de torque. Com o mesmo motor, mas sem a adaptação para a nova lei, Siena e Strada ficam em 11º lugar e não entram na lista dos carros menos potentes à venda no Brasil.

>>Fiat Fiorino 2022 chega por R$ 99.990 e agora independente do Uno

>>Hyundai HB20 Sense é bom, barato, só não é bonito – Avaliação

>>5 carros que a Toyota vendeu e que não são Toyota de verdade

Sobre o autor

João Brigato

Um comentário

Clique aqui para comentar

  • Horrível a matéria, motor de 62 cv equivalente a 1.4 turbo de 150 cv?? Não parece que quem escreveu entenda nada de carros, esqueceu-se do peso/potência, dentre outras coisas…