Destaque Novidades

Pandemia paralisa produção da VW no Brasil

Suspensão das atividades começa na segunda-feira e ocorrerá por três semanas
Volkswagen T-Cross (divulgação)

A Anfavea (Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores) afirmou que todas as suas associadas estão se preparando para suspender as atividades no Brasil devido à pandemia do coronavírus. Após a Toyota, a Volkswagen também confirmou o fechamento das portas de suas fábricas no país a partir de segunda-feira (23).

As unidades de São Bernardo do Campo (SP), Taubaté (SP) e São José dos Pinhais (PR) encerrarão a produção por três semanas, assim como a fábrica de motores de São Carlos, também no interior paulista.

A fim de preservar a saúde de seus empregados e familiares em decorrência do avanço da Covid-19, a marca comunicou que, até 30 de março, os funcionários da área administrativa continuam em trabalho remoto e, na linha de produção, haverá folgas administradas por banco de horas. “A partir de 31 de março, os colaboradores estarão em férias coletivas por duas semanas. Ambas as medidas são parte das ferramentas de flexibilização previstas em Acordo Coletivo de Trabalho”, diz o comunicado oficial da VW do Brasil.

Cabe salientar que General Motors e Mercedes-Benz também anunciaram paralisação de suas unidades brasileiras, dando férias coletivas para funcionários por, respetivamente, 14 dias e 20 dias.

Veja mais:

>> Toyota suspende produção na próxima semana

>> Coronavírus empurra Salão de Nova York para agosto

>> Novo Volkswagen Nivus aparece pela 1ª vez

 

 

Sobre o autor

Avatar

Redação

Comente

Clique aqui para comentar

Encontre peças e acessórios





Vídeo

Triumph T120 Black: uma clássica Bonneville com pegada agressiva