Curiosidades Destaque

Cinco peruas derivadas de carros vendidos no Brasil, mas rejeitadas aqui

Sabia que Cruze, Vectra, Fluence, 308 e Focus tiveram versões peruas? O mais triste disso tudo é que nenhuma delas veio ao Brasil
Opel Astra Caravan / Chevrolet Vectra Caravan [divulgação] peruas
Opel Astra Caravan / Chevrolet Vectra Caravan [divulgação]

Peruas deixaram de ser um objeto de desejo do brasileiro por falta de opção. Por aqui, elas foram engolidas pelas minivans no início dos anos 2000 e agora pelos SUVs. Ironicamente, a perua mais barata do Brasil custa mais de R$ 300 mil. Contudo, é triste ver que alguns carros vendidos por aqui tiveram uma opção perua jamais oferecida em nosso solo.

Por conta disso, reunimos aqui cinco exemplos de peruas fantásticas derivadas de carros comercializados em solo nacional. Mas, infelizmente, nenhuma delas sequer foi cogitada para o nosso mercado. Ainda que a fórmula estivesse praticamente pronta, bastava instalar o ferramental.

Chevrolet Vectra

A exceção da primeira geração do Vectra, todas as demais tiveram companhia das peruas. Isso se repetiu com o Astra. Mas as versões Chevrolet vieram para o Brasil? Nunca. Para a lista selecionamos a última geração do Chevrolet Vectra brasileiro, que nada mais era que a terceira geração do Opel Astra.

Opel Astra Caravan / Chevrolet Vectra Caravan [divulgação]
Opel Astra Caravan / Chevrolet Vectra Caravan [divulgação]
A perua tinha traseira elegante, com tampa traseira generosa e o mesmo friso cromado que ligava as lanternas no hatch e no sedã. Já imaginou se por uma loucura a Chevrolet tivesse feito essa belíssima derivada com motor 2.4 que fez a fama do Vectra Elite?

Ford Focus Turnier

Enquanto a Ford deu ao Escort a chance de ter uma perua somente na última geração, o Focus jamais teve sua companheira familiar aqui no Brasil. Todas as gerações do médio da Ford, sem exceção, tiveram versão perua. Nós, por outro lado, ficamos somente com sedã e hatch.

Para deixar os brasileiros ainda mais tristes, a última geração do Focus vendida no Brasil contava com uma versão perua esportiva. Sim, a Focus ST Turnier era mais rápida que qualquer Focus já vendida no Brasil com motor 2.0 turbo de 250 cv.

Peugeot 308 SW

A Peugeot sempre investiu forte nas peruas aqui no Brasil. Os médios 306 e 307 tiveram companhia de suas wagons importadas, enquanto a 206 SW era feita aqui no nosso país. Mas quando o 308 chegou, nada.

Enquanto os europeus nunca receberam o sedã 408, nós só pudemos ver a 308 SW por fotos. Ela não é tão harmônica quanto a 307 SW e nem tem as mesmas soluções inspiradas em minivans. Mas ainda assim é uma bela perua. Já pensou uma versão 1.6 THP?

Renault Mégane Grand Tour

Quando a Renault resolveu separar o sedã do Mégane como Fluence, a marca desistiu do segmento de peruas aqui no Brasil. A Mégane Grand Tour evoluiu e ficou mais esportiva que o modelo que foi vendido no nosso país por uns bons anos. Mas que nos deixou para abrir espaço para o Duster.

Tal qual acontece com a atual perua do Corolla, a Mégane Grand Tour da geração do Fluence tinha dianteira diferente. Era a mesma do hatch, enquanto o interior de ambos era idêntico. Hoje em dia o Mégane Sedan tomou o lugar do Fluence e a perua ficou ainda mais bonita.

Chevrolet Cruze SW

Projeto global, o Chevrolet Cruze foi um dos raros casos de carros da gravata dourada vendidos na Europa. Não deu certo e a Chevrolet desapareceu rapidinho de lá. Mas isso não impediu o Cruze de ter a versão mais europeia de todas: uma perua.

A Chevrolet Cruze SW tinha para-choque dianteiro diferente do modelo brasileiro e traseira com elementos do hatch. Tinha o maior porta-malas da família e um visual bastante esportivo para a categoria. Uma pena que nunca chegou nas Américas.

>>Chevrolet Montana 2022 pode ficar assim para brigar com a Fiat Toro

>>Cinco ideias malucas da Citroën que mudaram os carros para sempre

>>Dez carros que morreram no Brasil e receberam outra chance lá fora

Sobre o autor

João Brigato

2 Comentários

Clique aqui para comentar