Destaque Novidades

Peugeot 208 ganha motor 1.2 Turbo em versão esportiva na Argentina

Tão desejado motor turbo no Peugeot 208 será oferecido somente na Argentina, mas o modelo não é produzido por lá
Peugeot 208 turbo GT [divulgação]
Peugeot 208 GT [divulgação]

O pedido dos latino-americanos por um Peugeot 208 turbo finalmente foi atendido. Uma pena que somente os argentinos terão o modelo em suas ruas. A Stellantis lançou oficialmente no país vizinho o novo 208 GT com motor 1.2 PureTech turbo. Enquanto isso no Brasil, a versão está totalmente descartada.

O modelo será disponibilizado nas versões GT e GT Line com apelo esportivo. Essas variantes trazem arcos de roda preto brilhante, grade frontal com desenho diferenciado, retrovisores pretos, molduras pretas brilhantes nos vidros, rodas de liga-leve de 17 polegadas, para-choque traseiro com detalhe preto brilhante, além de teto e aerofólio em preto.

Por dentro, o modelo ganha filetes de LED nas portas e parte frontal do painel. O volante tem recortes diferentes e emblema GT na base. Há também central multimídia mais larga, controle rotativo do volume, parte superior do painel macia ao toque e bancos esportivos que misturam tecido e couro.

Peugeot 208 GT [divulgação] turbo
Peugeot 208 GT [divulgação]
As diferenças visuais se dão por conta da origem desse Peugeot 208 turbo. O modelo vendido no Brasil e na Argentina com motor 1.6 aspirado é produzido no país Hermano. Já a versão turbinada vem diretamente da Eslováquia: país que abastece toda a Europa.

Turbinado em itens

Em equipamentos, o Peugeot 208 turbo traz frenagem autônoma de emergência, alerta de colisão frontal, leitor de placas, alerta de descanso, painel digital 3D, sistema de manutenção em faixa, faróis full-LED, carregados de celular por indução, teto panorâmico e ar-condicionado digital de duas zonas.

Peugeot 208 GT [divulgação] turbo
Peugeot 208 GT [divulgação]
O Peugeot 208 GT e o GT-Line oferecem motor 1.2 PureTech turbo a gasolina. São entregues 130 cv e 23,4 kgfm de torque. A transmissão é a mesma automática de seis marchas oferecida nos 208 brasileiros. O que é diferente da Europa, onde o modelo conta com oito marchas e tem manopla de câmbio totalmente diferente.

Uma das justificativas para não trazer esse Peugeot 208 turbo ao Brasil é o preço. Facilmente o modelo passaria dos R$ 100 mil, algo que a versão Griffe já flerta. Na Argentina ele será vendido por R$ 258.809 (4.454.627 pesos) na versão GT Line e por R$ 259.269 (4.462.545 pesos) na GT.

Peugeot 208 GT [divulgação] turbo
Peugeot 208 GT [divulgação]

>>Peugeot 208 Active Pack tem o essencial, mas falta charme – Avaliação

>>Avaliação: novo 208 é a revolução que a Peugeot prometeu?

>>Comparativo: Peugeot 208 e VW Polo: tipo Europa ou engana-brasileiro?

Sobre o autor

João Brigato

2 Comentários

Clique aqui para comentar