Destaque Novidades

Peugeot 308 e 408 saem de linha

Hatch e sedan saem de cena sem deixar sucessores
Peugeot 308 (divulgação)

A Peugeot deixou de vender o hatch 308 e o sedã 408 no Brasil. A decisão foi tomada depois dos modelos terem baixas vendas acumuladas nos últimos anos.

Tanto o Peugeot 308 quanto o 408 vinham importados da Argentina, onde ainda são fabricados e vendidos localmente. Apresentados por aqui em 2011 – hatch – e 2012 sedan – os modelos nunca foram a cereja do bolo da Peugeot Brasil. Em 2015 eles sofreram uma reestilização para tentar ganhar fôlego, mas mesmo assim não foi o suficiente.

Peugeot 308 (divulgação)

Só no ano passado, o Peugeot 308 vendeu apenas 434 unidades. Para se ter uma ideia, no mesmo período o Chevrolet Cruze Sport6 conseguiu vender 478 unidades, mesmo com o segmento de hatches médios estarem em baixa por aqui. Já o 408 teve números um pouco melhores, porém abaixo da média para sedãs médios.

Peugeot 408 (divulgação)

O 408 vendeu apenas 739 unidades ao longo do ano, muito longe do campeão de vendas Toyota Corolla, que vendeu 5.182 unidades. Durante sua trajetória, o 308 utilizou motores 1.6 e 2.0 aspirados e uma versão 1.6 THP – turbo. Nos últimos anos, o modelo vinha equipado apenas com o motor 1.6 THP associado a um câmbio automático de 6 velocidades. O motor rendia 173 cv com etanol e 166 cv com gasolina e torque de 24 kgfm. O sedã vinha com motores 2.0 aspirado e 1.6 THP.

Peugeot 308 (divulgação)

Os modelos receberam uma atualização de estilo em 2015, o que colaborou para as quedas das vendas, uma vez que na Europa e China apresentavam as novas gerações do 308 – Europa – e 408 China. O sedan tinha preço inicial na casa dos 90 mil e o hatch tinha preço inicial na casa dos 70 mil.

Veja mais:

>> Peugeot 2008 ganha série limitada Style

>> Tecnológico, Peugeot 3008 Griffe Pack é lançado no Brasil

>> Peugeot relança série Inconcert para o 208

Sobre o autor

Kleber Silva

Kleber Silva

Comente

Clique aqui para comentar

Encontre peças e acessórios





Vídeo

Triumph T120 Black: uma clássica Bonneville com pegada agressiva