Destaque Novidades

Peugeot apresenta segunda geração do 208

Compacto ficou maior, mais moderno e agora vai ter até versão elétrica
Peugeot 208 GT Line (divulgação)

A espera finalmente acabou – pelo menos para o mercado europeu. A Peugeot revelou detalhes oficiais e fotos em alta resolução da segunda geração do 208, que evoluiu em todos os sentidos.

A começar pelo design, o novo Peugeot 208 usa uma carroceria totalmente nova, que mescla elementos do sedã de luxo 508 e do 308 hatch. A plataforma também é nova e será dividida com o novo 2008 e o primo Opel Corsa, além do recém lançado DS 3 Crossback.

Peugeot 208 GT Line (divulgação)

Com essa nova plataforma modular CMP, o 208 ficou maior e ainda conseguiu diminuir a emissão de C02 na camada de ozônio. A dianteira do modelo está mais agressiva com os novos faróis que agora são menores, mas tem filetes de LED – dependendo da versão – e uma nova grade que é bem maior do que do modelo atual. As laterais lembram bastante as do 308, inclusive no desenho das portas.

Peugeot 208 GT Line (divulgação)

Já a traseira utiliza um novo conjunto de luzes que são interligadas por uma peça de plástico preta, que também é vista tanto no sedã de luxo 508, quanto nos SUVs 3008 e 5008. No quesito motorização, a Peugeot manteve as opções atuais, com algumas melhorias e incluiu uma nova versão totalmente elétrica, ficando assim a frente da Renault que tem promessa de uma versão híbrida para o novo Clio.

Peugeot 208 (divulgação)

Serão 3 opções de motores a gasolina e uma a diesel. No caso da gasolina, um dos motores divulgados é o 1.2 PureTech de três cilindros que pode ter potência entre 75 cv a 130 cv, podendo trabalhar com câmbio manual de 5 velocidades – para o motor com 75 cavalos – e 6 velocidades nas demais potências. Existirá ainda uma opção de câmbio automático de 8 velocidades para os motores mais potentes.

Peugeot e-208 (divulgação)

No caso do motor a diesel, a opção escolhida pela marca é a 1.5 BlueHDI de quatro cilindros de 100 cv que é associado ao câmbio manual de 6 velocidades. Para a versão elétrica, chamada de e-208, a Peugeot instalou um conjunto de baterias que geram 136 cavalos e tem 26,5 kgfm de torque – contando ainda com 3 modos de condução: Eco, Normal e Sport. A autonomia é de 340 km e ainda a Peugeot oferece uma garantia de 8 anos ou 160 mil km.

Peugeot e-208 (divulgação)

Já o interior traz visual moderno e pega também alguns elementos dos SUVs 3008 e 5008 e do sedã 508. Dependendo da versão, o painel de instrumentos pode ser 100% digital, tal como a Volkswagen faz com o Polo, Virtus e T-Cross por aqui. A central multimídia pode vir com telas de 5, 7 ou até 10 polegadas dependendo da versão escolhida.

E no Brasil?

Por aqui teremos que esperar até meados de 2021, quando a fábrica de El Palomar na Argentina começar a abastecer o mercado nacional com o novo 208. O grupo PSA investiu pesado nessa planta fabril para a produção do novo 208 que enviará para o nosso mercado o compacto francês. A segunda geração do SUV 2008 também deve ser feita na mesma fábrica e deve chegar por aqui por volta de 2022.

Veja mais:

>> Ranking Auto+: Peugeot 208 GT acelera forte em Interlagos

>> Peugeot 308 e 408 saem de linha

>> Tecnológico, Peugeot 3008 Griffe Pack é lançado no Brasil

Sobre o autor

Kleber Silva

Kleber Silva

Comente

Clique aqui para comentar

Encontre peças e acessórios





Vídeo

Triumph T120 Black: uma clássica Bonneville com pegada agressiva