Destaque Novidades

Com 700 cv, novo Porsche 911 GT2 RS é pura insanidade

Superesportivo acelera de 0 a 100 km/h em apenas 2,8 segundos
Porsche 911 GT2 RS tem desenho agressivo (divulgação)

A Porsche apresentou seu 911 mais brutal de todos os tempos: o 911 GT2 RS. O novo modelo foi mostrado há algumas semanas na feira de eletrônicos E3, mas só agora, no Festival de Goodwood (na Inglaterra), a marca de Stuttgart revelou seu poder de fogo.

Para começar, o 911 GT2 RS ostenta o mesmo motor boxer 3.8 biturbo usado no 911 Turbo S, mas com turbocompressores maiores, passou de 580 cv para 700 cv. Mesma coisa com o torque, que saltou de 71,4 kgfm para 76,5 kgfm de torque máximo. Em relação ao GT2 RS anterior, que tinha motor de 3,6 litros, são 80 cv a mais. O conjunto é gerenciado pela caixa de dupla embreagem PDK (devidamente recalibrada para aguentar a maior potência e torque), que solta toda a força para as rodas traseiras esterçantes.

Relógio é mimo para quem comprar o 911 GT2 RS (divulgação)

Traduzindo a ficha técnica do superesportivo em dados de desempenho, ele acelera de 0 a 100 km/h em apenas 2,8 segundos, e atinge a velocidade máxima de 340 km/h, números que o deixam próximo até do hiperesportivo 918 Spyder. O GT2 RS ganhou ainda um novo sistema de resfriamento adicional para manter bom nível de arrefecimento, mesmo em condições mais severas que, em temperaturas muito altas, pulveriza até água no intercooler.

Além da parte mecânica, o superesportivo teve uma bela redução de peso, ficando na balança somente com 1.470 kg (com o tanque cheio). Resultado da utilização do escapamento de titânio 7 kg mais leve em relação ao Turbo S, e peças feitas de plástico reforçado com fibra de vidro, como os para-lamas dianteiros, aberturas das caixas de rodas, carenagens externas nos espelhos retrovisores, entradas de ar das laterais posteriores e componentes da traseira. Há ainda capô de fibra de carbono e teto feito de magnésio. Além do alívio de peso, esses componentes dão um visual de carro de corrida ao 911 GT2 RS.

Mas se o (milionário) dono quiser, o 911 GT2 RS pode ficar 30 kg mais leve com o pacote opcional Weissach. Ele inclui rodas de magnésio, teto, gaiola de proteção e braços dos eixos dianteiro e traseiro de fibra carbono. O superesportivo traz ainda rodas de 20 polegadas com pneus 265/35 na dianteira, e rodas de 21” na traseira com pneus 325/30, e freios de composto de cerâmica para ancorá-lo nas frenagens.

Na cabine, o destaque fica para o revestimento de couro Alcantara vermelho e couro preto, além do acabamento de fibra de carbono que aparece também na estrutura dos bancos esportivos. A Porsche oferece o opcional Chrono Package, que adiciona um cronômetro no painel com mostradores analógico e digital para ver os tempos de volta na pista.

Porsche 911 GT2 RS (divulgação)

Por fim, quem comprar o 911 GT2 RS irá ganhar um relógio, que tem caixa de titânio e botão da corda de tungstênio com desenho inspirado nas rodas do 911 GT2 RS. A Porsche confirma a chegada de seu 911 mais “estúpido” ao Brasil, mas sem detalhar data de lançamento e preços.

Veja mais:

>> Vídeo: Porsche mostra evolução do 911 em 1min23s

>> Porsche 911 GT3: recorde em Nürburgring

>> Lamborghini Huracán Polizia: uma viatura para nobres missões

Sobre o autor

Diego Dias

Diego Dias

2 Comentários

Clique aqui para comentar

Encontre peças e acessórios





Vídeo

Triumph T120 Black: uma clássica Bonneville com pegada agressiva