Destaque Novidades

Porsche 911 GT3 estreia com recorde em Nürburgring e câmbio manual

Nova geração do Porsche 911 GT3 será vendida no Brasil no segundo semestre, mas somente com transmissão de dupla embreagem
Porsche 911 GT3 [divulgação
Porsche 911 GT3 [divulgação

Nascido com pedigree das pistas, mas habilitado para as ruas, o Porsche 911 GT3 foi totalmente renovado e já chega com recorde e colocando o antigo GT3 RS para comer poeira. O modelo ficou mais potente, rápido e agora está alinhado com a nova geração do 911. O GT3 chegará ao Brasil no segundo semestre de 2021, confirma a Porsche.

O novo Porsche 911 GT3 traz motor boxer seis cilindros 4.0 de 510 cv e transmissão baseada na usada pelo modelo de competição. São duas opções: manual de seis marchas e PDK de dupla embreagem com sete marchas. Vale ressaltar que somente o modelo automático será vendido no Brasil.

GT3 RS no chinelo

Segundo a Porsche, o 911 GT3 chega aos 100 km/h em apenas 3,4 segundos. A velocidade máxima é de 320 km/h no modelo manual e 318 km/h no PDK, sendo mais rápido que o GT3 RS anterior. A velocidade máxima maior se deve ao peso mais leve: 1.418 kg no manual contra 1.435 kg no automático.

Porsche 911 GT3 [divulgação
Porsche 911 GT3 [divulgação
E com toda credencial esportiva, o novo 911 GT3 estreia com recorde. Ele é o carro aspirado mais rápido de Nürburgring e o primeiro com essa configuração a romper a barreira dos 7 minutos. Para uma volta completa foram necessários 6:55,2 minutos.

Ele estava equipado com pneus Michelin Pilot Sport Cup 2 R, disponíveis como opcionais. O recorde foi estabelecido por Jörg Bergmeister, embaixador e piloto da Porsche o qual, inclusive, elegeu o novo GT3 como o melhor carro de produção que ele já dirigiu no Inferno Verde.

Porsche 911 GT3 [divulgação
Porsche 911 GT3 [divulgação

Claras intenções

Em relação ao 911 Carrera, o novo GT3 traz para-choque exclusivo com entrada de ar central trapezoidal. O capô tem duas fendas para direcionar o ar cujos vincos se estendem por toda a peça. Os apêndices aerodinâmicos na dianteira são ajustáveis manualmente para auxiliar na condução em pista.

O modelo ainda conta com faróis escurecidos e lanternas traseiras com sessão central transparente. Novas rodas de liga-leve com parte central colorida personalizável fazem parte do pacote. Já na traseira, uma nova asa aerodinâmica e para-choque esportivo com saída de ar central denunciam que não se trata de um 911 comum.

Porsche 911 GT3 [divulgação
Porsche 911 GT3 [divulgação
A cabine recebeu bancos esportivos, gaiola de proteção, novos matérias escurecidos, mas mantém toda tecnologia esperada de um Porsche 911. Isso inclui o painel de instrumentos com duas telas e conta-giros analógico central. Os visores são configuráveis e podem rapidamente alternar para o modo circuito onde mostram as informações essenciais para a pista.

>>RAM 1500 ganha versão de 1.000 cv mais rápida que um Porsche 911

>>Porsche Taycan ganha versão de entrada por R$ 589.000 no Brasil  

>>Honda quer CR-V, Accord elétricos e NSX na cola do Porsche Taycan

Sobre o autor

João Brigato

João Brigato

Um comentário

Clique aqui para comentar

  • Opa, só uma correção: ele não é o carro com motor aspirado mais rápido em Nurburgring Nordscheleife. Os Lamborghinis Aventador SVJ e Huracan Performante foram mais rápidos que ele e tbm tem motor aspirado.