Destaque Novidades

Chevrolet começa 2021 aumentando preço de todos os carros no Brasil

De Onix a Camaro, passando por Joy e Bolt: Chevrolet aumentou preço de todos os seus carros vendidos aqui no Brasil
Chevrolet Onix RS [Auto+ / João Brigato]
Chevrolet Onix RS [Auto+ / João Brigato]

Ano novo, preço novo. Prática bastante comum, as montadoras esperam a virada do ano para reajustar suas tabelas de preço. E assim foi com a Chevrolet que elevou os valores de todos os carros vendidos no Brasil: de Joy até Camaro, passando por Bolt, Onix, Onix Plus, Spin, S10, Trailblazer, Montana, Cruze e Equinox.

Os reajustes variam entre R$ 1.400 (Joy Black) e R$ 21.800 (Camaro conversível).

Chevrolet Joy Black [divulgação]
Chevrolet Joy Black [divulgação]

Joy e Joy Plus

Agora vendidos em versão única, os antigos Onix e Prisma rebatizados como Joy e Joy Plus passaram por aumento de preço feito pela Chevrolet de, respectivamente, R$ 1.400 e R$ 1.500. O hatch agora custa R$ 58.290 e o sedã parte de R$ 62.590.

Joy – R$ 58.290
Joy Plus – 62.590

Chevrolet Onix
Chevrolet Onix [divulgação]

Onix

A linha Onix teve apenas uma versão a escapar de aumento: a sem nome com motor turbo e câmbio automático. Essa continua por R$ 65.390. Com menor reajuste, a LT automática encareceu R$ 2.000, enquanto as versões 1.0 sem nome e LT 1.0 ficaram R$ 2.000 mais caras.

Subindo para as versões turbo automáticas LTZ e RS, o reajuste foi de R$ 2.300, enquanto a LTZ turbo manual ficou R$ 2.600 mais cara. Já as versões LT turbo e Premier encareceram, respectivamente, R$ 2.500 e R$ 3.000.

1.0 – R$ 60.790
LT 1.0 – R$ 62.690
Turbo AT – R$ 65.390
LT Turbo – R$ 68.190
LT Turbo AT – R$ 73.690
LTZ Turbo – R$ 71.590
LTZ Turbo AT – R$ 77.090
RS Turbo AT – R$ 78.090
Premier Turbo AT – R$ 81.890

Chevrolet Onix Plus [divulgação]

Onix Plus

Proporcionalmente, o Onix Plus ficou mais caro que seu irmão hatch. Os reajustes variaram entre R$ 2.000 (LT 1.0) e R$ 3.300 (Midnight e Premier). A versão LT automática encareceu R$ 2.600, enquanto a mesma versão com câmbio automático e a LTZ automática subiram R$ 2.700.

Houve ainda reajuste de R$ 2.800 na LTZ automática. Turbo automática sem nome escapou do reajuste, tal qual aconteceu com o hatch.

LT 1.0 – R$ 66.190
Turbo AT – R$ 68.390
LT Turbo – R$ 66.190
LT Turbo AT – R$ 78.490
LTZ Turbo AT – R$ 76.390
LTZ Turbo AT – R$ 81.890
Midnight Turbo AT – R$ 85.190
Premier Turbo AT – R$ 86.190

Chevrolet Tracker LT [Auto+]
Chevrolet Tracker LT [Auto+ / João Brigato]

Tracker

Apesar de ser a novidade da família Onix, o Tracker não escapou dos aumentos. Com isso, agora somente uma versão do SUV compacto não custa mais de R$ 100 mil – justamente a única variante com câmbio manual, a Turbo sem nome de R$ 92.390, reajustada em R$ 2.700.

Com câmbio automático, o preço do Chevrolet Tracker LT subiu R$ 2.900. Já as versões LTZ e Premier com motor 1.0 turbo subiram R$ 3.200 e R$ 2.300, respectivamente. Por fim, o Premier 1.2 turbo está R$ 3.700 mais caro que antes. Somente a versão PCD manteve o preço de antes.

PCD – R$ 70.000
Turbo manual – R$ 92.3901
LT – R$ 101.190
LTZ – R$ 109.790
Premier – R$ 117.990
Premier 1.2 – R$ 126.190

Chevrolet Cruze Premier [divulgação] Argentina
Chevrolet Cruze Premier [divulgação]

Cruze e Cruze Sport6

Com reajustes variando entre R$ 4.110 (LT) e R$ 5.010 (Premier II), Cruze e Cruze Sport 6 mantiveram as coincidências de preços e de aumentos. Agora não é mais possível comprar um por menos de R$ 114.800 e as versões mais caras ensaiam passar de R$ 140 mil.

Cruze LT – R$ 114.800
Cruze Premier I – R$ 126.590
Cruze Premier II – R$ 137.600

Cruze Sport6 LT – R$ 114.800
Cruze Sport6 Premier I – R$ 127.690
Cruze Sport6 Premier II – R$ 138.700

Chevrolet S10 High Country [Auto+]
Chevrolet S10 High Country [Auto+]

S10 e Trailblazer

Com diversas versões, a Chevrolet S10 teve preço reajustado variando entre R$ 6.500 (Advantage) e R$ 10.100 (High Country). Os aumentos foram seguidos pelo Trailblazer, vendido unicamente na versão High Country de R$ 293.500, reajustada em R$ 12.700. No caso da S10, somente as versões LT diesel 4×4 manual e LT flex 4×4 automática escaparam de mudanças de preço.

LT Flex AT 4X4 – R$ 140.990
Advantage Flex – R$ 150.090
LT Flex AT – R$ 169.890
LTZ Flex AT – R$ 175.590
LTZ Flex AT 4X4 – R$ 187.490
LT Diesel 4X4 – R$ 181.290
LS Diesel 4×4 Cabine simples – R$ 184.990
LT Diesel AT 4X4 – R$ 204.990
LTZ Diesel AT 4X4 – R$ 225.290
High Country Diesel AT 4X4 – R$ 233.190

Trailblazer High Country – R$ 293.500

Chevrolet Equinox Premier 1.5 [Auto+ / João Brigato]
Chevrolet Equinox Premier 1.5 [Auto+ / João Brigato]

Equinox

Com versão Midnight aguardando novo lote – ou a reestilização programada para esse ano – o Chevrolet Equinox ficou R$ 7.200 mais caro na versão LT 1.5, R$ 8.610 na Premier 1.5 e R$ 9.010 na Premier 2.0.

LT – R$ 149.990
Premier – R$ 178.900
Premier 2.0 – R$ 188.200

Chevrolet Spin PCD (divulgação)

Spin

Única minivan produzida no Brasil, a Chevrolet Spin encareceu em todas as versões, exceto a LT automática de R$ 84.250 e na versão PCD de R$ 69.990. Os reajustes variaram entre R$ 2.100 (LS) e R$ 2.700 (Premier e Activ 7). Hoje a Spin tem três versões tabelados acima de R$ 100 mil.

PCD – R$ 69.990
LS – R$ 81.490
LT – R$ 86.790
LT AT – R$ 84.250
Premier – R$ 99.790
Premier AT – R$ 104.390
Activ AT – R$ 102.490
Activ 7 AT – R$ 106.490

Chevrolet Camaro SS (divulgação)

Montana, Bolt e Camaro

Mesmo tendo sido um dos carro que mais encareceu entre 2020 e 2021, o preço da Chevrolet Montana ficou ainda mais alto antes do primeiro mês do ano acabar. Ela subiu R$ 2.490. Já os importados Bolt e Camaro sofreram reajustes altos. O elétrico encareceu R$ 14.790. Já o cupê subiu R$ 19.300 e o conversível R$ 21.800.

Bolt – R$ 260.790
Camaro SS – R$ 401.000
Camaro SS Conversível – R$ 449.000

>>Avaliação: Chevrolet Tracker LT é um belo sorvete de creme Haagen-Dazs

>>Chevrolet Onix RS mira esportividade, acerta no conforto – Avaliação

>>Avaliação: Chevrolet S10 High Country: não contavam com minha astúcia

Sobre o autor

João Brigato

João Brigato

Comente

Clique aqui para comentar