Curiosidades Destaque

Preço dos carros no Brasil é menor do que nos Estados Unidos

Culpe o dólar alto ou a desvalorização do real, mas o preço de muitos carros brasileiros já é mais baixo do que dos americanos
Jeep Renegade americano tem para-choque diferente do modelo brasileiro [divulgação]
Jeep Renegade americano tem para-choque diferente do modelo brasileiro [divulgação]

Aqui no Brasil sempre houve o consenso de que os nossos carros são caros e quem verdadeiramente paga barato em um modelo 0km é o residente dos Estados Unidos. Contudo, com a roda da economia não girando ao nosso favor, levando à queda do real e a valorização do dólar, o preço dos carros brasileiros já é menor do que o dos carros americanos.

Vale lembrar que o salário mínimo nos Estados Unidos é proporcionalmente maior do que no Brasil, o que faz com que o poder de compra lá seja maior, exigindo menos tempo do trabalhador para comprar um carro 0km, como mostramos nessa matéria.

Corolla
Toyota Corolla Hybrid [divulgação]
Selecionamos oito carros de categorias diferentes para que a comparação fosse mais justa. Todos tiveram seus preços do Brasil convertidos para dólar na cotação do dia 08 de outubro. Dos oito modelos selecionados, três deles são importados para o Brasil exatamente da mesma fábrica que os envia para os Estados Unidos.

As exceções

E justamente um desses carros é o que apresenta a maior discrepância de preço entre os EUA e o Brasil: o Chevrolet Camaro. A versão vendida no Brasil é a 2SS com todos os opcionais possíveis e câmbio automático. Lá ele sai por US$ 43.340, enquanto por aqui não custa menos de US$ 75.602 (R$ 422.900).

ram
RAM 2500 (divulgação)

Outro carro que é mais caro no Brasil do que nos Estados Unidos é a RAM 2500. Exportada do México para os dois países, a picapona na versão Laramie Diesel automática chega ao Brasil por US$ 64.713 (R$ 361.990), enquanto nos EUA ela custa US$ 62.945 exatamente igual ao modelo vendido aqui.

Mas isso não acontece somente com o preço dos carros importados para o Brasil: o nosso Toyota Corolla é mais caro do que o modelo americano. Apesar de visualmente diferentes, eles trazem o mesmo nível de equipamentos e motorização nas versões topo de linha híbridas. Aqui pagamos US$ 26.522 (R$ 148.390), enquanto eles pagam US$ 23.400.

Ford EcoSport (divulgação)

O outro lado da moeda

Entre os modelos produzidos localmente para cada um dos mercados, a exceção do Toyota Corolla, o preço de todos os outros carros são menores no Brasil. Ford EcoSport Titanium, por exemplo, tem motor 1.5 aspirado aqui no Brasil e custa US$ 18.322 (R$ 102.490) e lá nos EUA com motor 1.0 turbo sai por US$ 24.150.

Seu rival Jeep Renegade Latitude briga na faixa dos US$ 24.770 nos EUA, enquanto aqui no Brasil a versão se chama Longitude e custa US$ 20.086 (R$ 112.190) – há também diferença na motorização, já que por lá o SUV compacto usa motor 2.4 aspirado e aqui o velho 1.8 E.Torq.

Nissan Kicks (divulgação)

Com lista de equipamentos idêntica e o mesmo motor 1.6, o Nissan Kicks SL brasileiro custa US$ 20.464 (R$ 114.390), enquanto a versão americana, chamada de SR, custa US$ 22.665. Ainda entre os SUVs, temos o Volkswagen Tiguan Allspace R-Line com motor 2.0 TSI, sete lugares e todos os itens disponíveis por US$ 37.667 (R$ 210.680) no Brasil contra US$ 40.485 nos EUA.

Já o arquirrival do Toyota Corolla, o Honda Civic, parte na versão Touring de US$ 25.439 (R$ 142.200) no Brasil e, com o mesmo 1.5 turbo e transmissão CVT, custa US$ 27.850 nos EUA.

>>Toyota Corolla: quantos salários mínimos necessários para comprar um?

>>Avaliação: Por que o Toyota Corolla vende tanto?

>>Impressões: Jeep Renegade Trailhawk na trilha não é SUV de shopping?

Sobre o autor

João Brigato

João Brigato

Comente

Clique aqui para comentar