Destaque Novidades

Chevrolet S10 e Onix, além do Honda Civic, têm produção reduzida

Problemas no fornecimento de peças afeta produção dos Chevrolet Onix e S10, além do japonês Honda Civic
Honda Civic LX 2021 [Auto+ / João Brigato]
Honda Civic LX 2021 [Auto+ / João Brigato]

Novas consequências da pandemia para a indústria automotiva começam a aparecer. Na mesma semana, Honda e Chevrolet revelaram que terão produção de Civic, Onix, Onix Plus e S10 paralisadas temporariamente por falta de componentes eletrônicos. A suspensão na fabricação deve afetar fortemente as vendas do quarteto.

Sendo o Onix o carro mais vendido do Brasil e o Onix Plus o sedã mais vendido do país, a Chevrolet poderá perder o posto vencedor por um tempo. Segundo informações do Automotive Business, a falta de componentes eletrônicos é a maior causa da paralisação da produção dos compactos.

A marca estabeleceu férias coletivas para funcionários da fábrica de Gravataí (RS) e também para fornecedores sistemistas instalados no complexo fabril. Após esse período, caso o os componentes necessários não voltem a ser recebidos normalmente, haverá suspensão temporária de contratos de trabalho.

Chevrolet Onix Plus Midnight [Auto+ / João Brigato]
Chevrolet Onix Plus Midnight [Auto+ / João Brigato]
O layoff afetará diretamente 2 mil funcionários a partir de 5 de abril. A produção será reduzida para apenas um turno e os trabalhadores afastados terão salário reduzido, mas poderão fazer cursos de recolocação durante o período. Esse afastamento pode durar de dois a cinco meses.

Do outro lado da GM

Assim como Gravataí foi afetada com falta de componentes, a fábrica da GM em São José dos Campos também sofrerá paralizações. A falta de componentes fará com que a planta reduza drasticamente sua produção de 8 de março até 2 de maio. Por lá são feitos S10 e Trailblazer.

Chevrolet S10 High Country [Auto+]
Chevrolet S10 High Country [Auto+]
Serão afastados 600 empregados, que se juntarão a 368 funcionários que já estavam em layoff. Ainda assim, a fábrica deverá receber investimentos bilionários da General Motors e fim de produzir as novas gerações de S10 e Trailblazer.

Honda Civic

Já no caso do Honda Civic, a marca japonesa determinou paralização de 1º a 10 de março em sua fábrica de Sumaré, interior de São Paulo. As férias coletivas afetarão diretamente mil empregados. Até o momento a marca não trabalha com a possibilidade de uma paralização mais longa.

Honda Civic LX 2021 [Auto+ / João Brigato]
Honda Civic LX 2021 [Auto+ / João Brigato]
Ainda assim, o Civic foi afetado pelo mesmo problema do Onix e do Onix Plus: falta de componentes eletrônicos. “A Honda Automóveis do Brasil confirma parada temporária em sua linha de produção do modelo Civic na fábrica de Sumaré (SP), em virtude dos impactos da pandemia da Covid-19 nas cadeias globais de suprimento, que ocasionaram um desequilíbrio entre oferta e demanda de semicondutores”, diz o comunicado da empresa.

A fabricação de Fit, City e HR-V segue normalmente em Itirapina, interior de São Paulo. Já o WR-V não foi citado.

>>Honda Civic LX tem pouco custo e muito benefício – Avaliação

>>Chevrolet Onix RS mira esportividade, acerta no conforto – Avaliação

>>Avaliação: Chevrolet S10 High Country: não contavam com minha astúcia

Sobre o autor

João Brigato

Comente

Clique aqui para comentar