Destaque Novidades

Honda WR-V 2022 será global e não mais um Fit aventureiro

Segunda geração do Honda WR-V vai mudar de nome e se desvencilhar do Fit definitivamente
Honda WR-V 2021 [divulgação]
Honda WR-V 2021 [divulgação]

Desenvolvido no Brasil e produzido também na Índia, o Honda WR-V mudará de rumos na próxima geração. Em virtude do Fit Crosstar e da baixa venda do modelo na Índia e no Brasil, ele se separará do Fit em definitivo. A mudança será tão radical que até o nome será outro.

Segundo a imprensa japonesa, a próxima geração do Honda WR-V ganhará status de modelo global. Ele se posicionará no segmento de SUVs subcompactos com menos de 4 metros de comprimento. A ideia é brigar com Nissan Magnite, Kia Sonet e Hyundai Venue.

Honda WR-V 2021 [divulgação]
Honda WR-V 2021 [divulgação]

Tchau Fit

Com isso, a Honda mudará a base do próximo WR-V. Ele se desvencilhará no Fit e passará a usar a base do sedã subcompacto Amaze. O modelo é feito na Índia e apresenta custo bem mais baixo que a plataforma do hatch com ares de minivan.

Essa mudança faz sentido visto que o Fit e o City já mudaram de geração e de plataforma. Já o HR-V está se preparando para ganhar a terceira geração e que migrará para a nova base. Sobra o WR-V com a plataforma antiga.

Honda WR-V 2021 [divulgação]
Honda WR-V 2021 [divulgação]
A mudança será tão radical que ele trocará até de nome. Sai WR-V, entra ZR-V. Com isso, a Honda quer atingir a geração Z, que começa agora a ter seus próprios carros. O nome WR-V poderá ser reaproveitado por outro SUV que preencherá o espaço entre o ZR-V e o HR-V.

Em questão de preço essa lacuna será preenchida pelo Fit Crosstar, que nada mais é que um Fit aventureiro, tal qual o WR-V. Vale lembrar que o próximo HR-V vai subir para a categoria de SUVs médios, deixando o espaço de SUV compacto da Honda em aberto, visto que o ZR-V será subcompacto.

[divulgação]
[divulgação]

SUV turbo

A plataforma do Amaze possibilitará ao Honda ZR-V utilizar dos motores modernos dos compactos da marca japonesa. Um dos destaques será o 1.0 três cilindros turbo que deverá estar presente nas versões Touring dos próximos Fit, City sedã e City hatch no Brasil.

O sucessor do Honda WR-V ainda manterá o 1.5 usado hoje, mas com mudanças já programadas para os outros compactos da marca. Como é regra no segmento, a transmissão será automática na maioria das versões. No caso do ZR-V, o CVT já usado por outros Honda, como o próprio WR-V atualmente.

[divulgação]
[divulgação]

Vem para o Brasil?

Recentemente reestilizado no Brasil, o Honda WR-V deve sobreviver ainda por mais três anos antes de ser sucedido pelo ZR-V. Ele estreia primeiro na Índia, provavelmente entre 2022 e 2023, antes de chegar por aqui.

>>Avaliação: Honda WR-V é um Fit com complexo de HR-V

>>Comparativo: Peugeot 208 Griffe e Honda WR-V EXL valem R$ 95 mil? 

>>Próximo Honda HR-V deve brigar com Jeep Compass, não com Renegade

Sobre o autor

João Brigato

João Brigato

Comente

Clique aqui para comentar