Destaque Novidades

Renault anuncia 5 novidades no Brasil e motor turbo feito com a Mercedes

Lançamentos da Renault serão feitos até o segundo semestre de 2022 e ainda existe a promessa de dois carros elétricos
Renault Captur 2022 [divulgação]
Renault Captur 2022 [divulgação]

Depois de anunciar seu plano global de reestruturação, a Renault revelou seus próximos passos no Brasil. Com os sucessores de Logan e Sandero ainda em dúvida, a marca francesa anunciou cinco lançamentos para o Brasil. A lista ainda inclui dois modelos elétricos e um novo motor turbo.

O que se tem de certo é que esse novo motor turbo será o 1.3 TCe já usado pela Mercedes-Benz no Brasil em Classe A Sedan, GLA e GLB. Nos modelos alemães ele entrega 163 cv e 25,5 kgfm de torque, mas bebe apenas gasolina – por isso espere por números melhores nos modelos da Renault.

Quem será responsável por essa estreia será o Captur reestilizado. O modelo ficará mais sofisticado, ganhará novos equipamentos e todos os reforços e melhorias de plataforma aplicadas no Duster. É esperado um acabamento melhor, já que hoje o modelo é referência negativa nesse quesito.

Renault Zoe (divulgação)
Renault Zoe (divulgação)

Eletrificação turbinada

Na lista ainda há espaço para mais quatro lançamentos – desses, dois serão elétricos. O Renault Zoe reestilizado será um deles. Importado da Europa, o hatch compacto elétrico ganhou visual atualizado, interior mais sofisticado e melhorias no conjunto mecânico.

O segundo modelo elétrico ainda não foi revelado. A Renault poderá investir em sua linha comercial eletrificada por aqui. Uma das possibilidades é a Master elétrica ou a venda do Kangoo ZE elétrico para públicos mais amplos.

Renault Duster [Auto+]
Renault Duster [Auto+]
Os dois lançamentos restantes devem ser atualizações de modelos atualmente em linha. O subcompacto Kwid deve ganhar finalmente a reestilização que já foi apresentada em outros mercados há um certo tempo. Ele vai ganhar em sofisticação com luzes diurnas de LED e melhorias de acabamento.

A conta deverá fechar com o Duster turbo. Ele deve receber o mesmo motor 1.3 TCe do Captur em versões mais caras. Assim, o motor 1.6 aspirado ficará restrito somente às variantes mais baratas do SUV compacto franco-romeno.

>>Renault Duster se despede do Ford EcoSport nas redes sociais

>>Nova Renault Oroch? Dacia revela Duster 2021 picape por R$ 150 mil

>>Avaliação: Duster é o melhor Renault feito nos últimos anos

Sobre o autor

João Brigato

João Brigato

Um comentário

Clique aqui para comentar

  • O Bloco e cabeçote bdo motor 1.3 é usinado e recebe o Tratamento Nanoslide, tratamento dos cilindros que aumenta a durabilidade motor. Bem como a arquitetura eletrônica e o desenvolvimento termodinâmica e executado em separado. Mercedes-Benz tem seu módulo com as devidas adaptações, para altitude, temperaturas de acordo com os estandarte da marca. Portanto mencionar que é o mesmo motor é ardiloso.