Destaque Novidades

Renault Captur ganha nova versão intermediária e aposenta motor 2.0

Originário dos tempos da Scénic, motor 2.0 com câmbio automático de quatro marchas deixa de ser oferecido no Captur
Renault Captur Zen
Renault Captur Zen [divulgação

Com a reestilização programada para 2021~, junto da adoção do novo motor 1.3 quatro cilindros turbo (usado hoje no Brasil no Mercedes-Benz Classe A Sedan), o Renault Captur passou por mudanças em sua gama de versões: saem de cena as versões Intense e as equipadas com motor 2.0, volta a versão de intermediária Zen.

Anteriormente o Renault Captur tinha um grande buraco entre a versão de entrada Life de R$ 69.990 (oferecida a esse valor por conta do público PCD) e a variante seguinte, a Intense. A Renault havia tirado de linha o Captur Zen em 2019, sendo essa a então única versão do SUV que possuía opção de câmbio manual de cinco marchas.

A Renault aproveitou a mudança de versões do Captur para finalmente aposentar o velho motor 2.0 quatro cilindros aspirado de 150 cv e o câmbio automático de apenas quatro marchas. O conjunto mecânico era o mesmo da época da minivan Scénic. A partir de agora somente o Sandero RS usará esse antiquado motor.

Captur somente automático

Com isso, tal qual o Duster, o Renault Captur será oferecido somente com motor 1.6 aspirado quatro cilindros de 120 cv e 16,2 kgfm de torque. A única opção de transmissão para o SUV compacto é o câmbio CVT com seis marchas simuladas. Por ser mais barato, o Duster ainda tem opção manual, ao contrário do Captur.

A versão Zen, que retornou, traz bancos revestidos em tecido, piloto automático, ar-condicionado manual, chave presencial, sistema de som simples, controle de tração e estabilidade, quatro airbags, rodas de liga-leve de 17 polegadas, luzes diurnas de LED, vidros elétricos nas quatro portas e retrovisores elétricos.

Renault Captur Bose (divulgação)

A central multimídia (que não é ainda a mesma do Duster) é oferecida como opcional por R$ 2.500, enquanto a pintura bicolor acrescenta R$ 1.450 ao preço do Captur Zen. Racionalizando a linha, a versão Intense deixou de ser ofertada, visto que era equivalente à Intense, apenas adicionado o sistema de som mais sofisticado.

Briga com o Duster?

Assim, a linha Captur ficou composta pelas versões Life de R$ 69.990, Zen de R$ 85.690 e Bose de R$ 101.690. É interessante notar como a Renault conseguiu fazer com que as versões do Duster se encaixem entre as do Captur. O Duster parte de R$ 74.690 na versão Zen, sobe a R$ 90.290 na Intense e termina em R$ 94.290 na Iconic.

>>Somente com SUV Seltos, Kia vende mais que VW, Renault e Ford na Índia

>>Renault e Nissan unificarão plataformas e fábricas no Brasil

>>Renault Sandero R.S continua divertido

Sobre o autor

João Brigato

João Brigato

Comente

Clique aqui para comentar