Destaque Novidades

Renault Kiger é o SUV do Kwid que pode chegar ao Brasil

Nissan Magnite e Hyundai Venue tem chances de ter o passaporte carimbado para o Brasil, tal qual o Renault Kiger, o Kwid SUV
Renault Kiger é o inédito SUV do Kwid [divulgação]
Renault Kiger é o inédito SUV do Kwid [divulgação]

Apesar de a Renault insistir em chamar o Kwid de SUV dos compactos, ele não é nada mais do que um hatch subcompacto com pretensões aventureiras. Mas agora haverá de verdade um Kwid SUV, o inédito Renault Kiger, primo do Nissan Magnite. Ambos são fortíssimos candidatos a serem vendidos no Brasil, assim como o Hyundai Venue.

Montado sobre a plataforma CMF-A+, uma versão mais rígida e melhorada da base do Kwid, o Renault Kiger divide seu desenvolvimento e diversos componentes com o Nissan Magnite. Ambos têm o mesmo porte: 4 metros de comprimento.

Renault Kiger [divulgação]
Renault Kiger [divulgação]
Essa medida de hatch compacto se deve à legislação indiana que dá descontos fortes nos impostos para carros com essa medida. Essa é a razão pela qual o Ford EcoSport é menor que os concorrentes diretos no Brasil.

Kwid SUV

Voltando ao Renault Kiger, fica evidente que ele é um Kwid SUV. As linhas básicas do hatch subcompacto estão lá, só que em maior escala. Isso fica evidente pelo perfil lateral com para-lama traseiro destacado e mais musculoso. Há até uma inspiração no Kicks por conta da coluna C com aplique plástico.

Renault Kiger [divulgação]
Renault Kiger [divulgação]
Na dianteira temos faróis finos de LED interligados em um friso luminoso tal qual o Volkswagen Taos. Provavelmente essa solução será contida no modelo de produção. Logo abaixo, três blocos de LED formam o conjunto luminoso principal. Eles são conectados por uma abertura de ar generosa.

A traseira traz lanternas em C inspirada no Captur europeu de segunda geração. Vincos fortes deixam a tampa visualmente mais parruda, enquanto o para-choque tem área plástica com desenho muito igual ao do Kwid.

Renault Kiger [divulgação]
Renault Kiger [divulgação]

SUV 1.0

Sem falar sobre mecânica, o Renault Kiger certamente será equipado com os mesmos motores do Kwid, da minivan Triber e do primo Nissan Magnite. Afinal, nessa plataforma cabem somente motores 1.0 três cilindros, no caso com opção aspirada e turbo.

Transmissão CVT será mandatória no Brasil caso de fato o Kiger venha para cá. Por usar plataforma do Kwid, abre-se a possibilidade de um Kiger totalmente elétrico para ser vendido na Europa como Dacia ou até mesmo no Brasil.

Renault Kiger [divulgação]
Renault Kiger [divulgação]

>>SUV Nissan Magnite tem interior de Duster e motor de Renault Sandero

>>Flagra: Hyundai Venue, o mini Creta, já está no Brasil

>>Hyundai testa um SUV menor que um HB20 com porte de Renault Kwid

Sobre o autor

João Brigato

João Brigato

Comente

Clique aqui para comentar