Destaque Novidades

Por R$ 40mil, Renault Kiger é  SUV mais barato da Índia. E no Brasil?

Tomando do Nissan Magnite o título de SUV mais barato da Índia, o Renault Kiger (irmão do Kwid) deve ser vendido no Brasil
Renault Kiger [divulgação]
Renault Kiger [divulgação]

Cotado para o Brasil, o Renault Kiger finalmente chegou às revendas na Índia e surpreendeu. Ele agora é o SUV subcompacto mais barato da Índia, tomando o título de seu primo Nissan Magnite (praticamente confirmado para o nosso país).

O Renault Kiger será vendido em quatro versões, com quatro opções mecânicas diferentes. Ao todo, são 12 variantes diferentes com preços indo de 545.000 rúpias (R$ 40.207) a 955.000 rúpias (R$ 70.440).

A única constante em todas as versões do Kiger é o motor 1.0 SCe três cilindros aspirado de 72 cv e 9,8 kgfm de torque. Esse motor pode ser associado à transmissão manual de cinco marchas ou ao câmbio automatizado Easy’R nas versões RXL, RXT e RXZ.

Renault Kiger [divulgação]
Renault Kiger [divulgação]
Para quem deseja mais potência, a Renault oferece motor 1.0 TCe três cilindros turbo para todas as versões, exceto a de entrada RXE. Nessa configuração ele entrega 100 cv e 16,3 kgfm de torque. Há opção de câmbio CVT para as versões mais caras RXT e RXZ, enquanto o câmbio manual está presente também na RXL.

É com esse motor turbo que o Kiger (e o Magnite) deve ser vendido no Brasil. Contudo, para não ficar atrás da concorrência, a potência deve subir para a casa dos 120 a 130 cv, enquanto o torque deve passar de 20 kgfm. Tudo isso para não ficar atrás dos motores Volkswagen TSI e Hyundai T-GDi.

Renault Kiger [divulgação]
Renault Kiger [divulgação]
O 1.0 turbo deve ser usado também no Brasil no sucessor do Sandero e no novo Taliant (que tomará o lugar do Logan). Vale lembrar que a transmissão CVT usada pelo Kiger com esse motor turbo é a mesma que hoje equipa alguns Renault e Nissan com motor 1.6 aspirado.

>>SUV Nissan Magnite tem interior de Duster e motor de Renault Sandero

>>Renault Sandero agora só com motor 1.0 no Brasil ou esportivo RS

>>Renault finalmente mata o câmbio automático de 4 marchas no Brasil

Sobre o autor

João Brigato

4 Comentários

Clique aqui para comentar