Destaque Novidades

Renault Kwid 2023 é revelado antes do lançamento devido a vazamento

Imagens vazadas do novo Renault Kwid fizeram com que a marca francesa antecipasse a divulgação de imagens do modelo 2023
Renault Kwid 2023 [divulgação]
Renault Kwid 2023 [divulgação]

Com lançamento marcado para o 20 de janeiro, o Renault Kwid 2023 teve seu visual revelado antes da hora. Isso porque imagens vazaram nas redes sociais, tanto dentro de concessionárias quanto nas cegonhas que carregaram o hatch subcompacto. Por isso, tal qual fez a Jeep com o Renegade 2023, a Renault mostrou oficialmente como ficará o novo Kwid.

A primeira imagem divulgada revela que o Kwid 2023 brasileiro terá diferenças visuais contundentes em relação ao indiano na versão Outsider. O nosso é mais discreto, sem elementos laranja ou apliques plásticos na dianteira. Apenas um detalhe em cinza no para-choque, borrachão mais proeminente, logo Outsider e rack de teto.

O que muda em todos os Kwid é o conjunto óptico. A parte superior traz luz diurna em LED e seta. Já a porção inferior tem luzes halógenas que aparentam ser dupla parábola. Outra grande novidade está no conjunto de rodas de liga-leve que serão oferecidas pela primeira vez no hatch subcompacto.

Renault Kwid 2023 [divulgação]
Renault Kwid 2023 [divulgação]
Apesar de a Renault ter revelado somente a dianteira, as imagens vazadas mostraram que o Kwid 2023 terá lanternas traseiras com elementos em LED e para-choque modificado. Por dentro, o subcompacto traz painel de instrumentos digital e nova central multimídia – bastante parecida com a de Captur e Duster.

O motor 1.0 SCe três cilindros aspirado hoje conta com 70 cv e 9,8 kgfm de torque, mas passará por mudanças. É possível que ele adote os 82 cv e 10,5 kgfm de torque do irmão Sandero – superando assim o Fiat Mobi em potência. Conforme antecipado pelo Auto+ em maio de 2021, o novo Kwid terá start-stop de série em algumas versões.

Renault Kwid 2023 [divulgação]
Renault Kwid 2023 [divulgação]

>>Renault Kwid: o que ele precisa para passar de ano? | Avaliação

>>Renault Zoe ganha 0 estrela e Kwid elétrico apenas 1 no Euro NCAP

>>Fiat Mobi Trekking merecia o que já foi dele | Avaliação

Sobre o autor

João Brigato

5 Comentários

Clique aqui para comentar

  • Soube que a versão Outsider vai pular dos inimagináveis R$64.000,00 para horripilantes R$68.000,00 (ou mais, a depender da cor). Triste ver que um dos carros mais básicos do Brasil ficou praticamente inviável. E pensar que há pouco mais de 2 anos ele custava R$20.000,00 a menos.

  • Insistem em não ter uma versão automática. O mercado pede por carros automáticos, é uma tendência… A montadora que tomar uma atitude quanto a isso estará a frente das demais

Vídeo

Triumph T120 Black: uma clássica Bonneville com pegada agressiva