Destaque Novidades

Renault Scénic renascerá como um SUV hibrido que não usa gasolina

Apesar de ter morrido como minivan, Renault Scénic retornará em 2024 como um SUV híbrido e que não usa combustíveis normais
Renault Scénic Vision [divulgação]
Renault Scénic Vision [divulgação]

A prova viva de que as minivans evoluíram para os SUVs é que a antiga Renault Scénic renascerá em 2024 totalmente transformada. O conceito Scénic Vision antecipa a mudança de carroceria que o modelo terá e também um novo tipo de tecnologia híbrida que dispensa o uso de gasolina ou etanol.

Usando uma versão modificada da plataforma CMF-EV do Renault Mégane, o Scénic Vision combina motor elétrico a um movido a hidrogênio. Com apenas 22 v, ele funciona como gerador de energia para o sistema elétrico – um layout bem parecido com os Honda e:HEV que usam gasolina para fazer o mesmo trabalho.

A vantagem do hidrogênio é que ele não é poluente, mas tem armazenamento mais difícil e menor distribuição em postos. Além disso, demora cinco minutos para ser abastecido. A vantagem, porém, é que com isso o Scénic tem baterias de 40 kWh, que são mais leves e mais baratas. Com um tanque cheio de hidrogênio o modelo roda 800 km.

Renault Scénic Vision [divulgação]
Renault Scénic Vision [divulgação]
Além disso, enquanto a antiga Scénic minivan era um modelo pacato e com pouca potência, agora o SUV Scénic esbanja 218 cv e torque instantâneo de um motor elétrico. A Renault promete que esse layout com hidrogênio permite ao modelo ter uma pegada de carbono 75% menor que a do Mégane E-Tech ou do Kwid E-Tech, modelos totalmente elétricos.

Minivan e SUV

A Renault promete que 90% do visual do novo Scénic está no conceito e fica bem clara a ruptura com o passado de minivan. O modelo tem carroceria alta, musculosa e com capô bem marcado como em todo SUV. As rodas são grandes e os para-lamas bem marcados. O interessante são as linhas fortes da lateral que fazem ele parecer esculpido.

Renault Scénic Vision [divulgação]
Renault Scénic Vision [divulgação]
Dianteira exibe faróis finos com quatro pontos de LED conectados à grade frontal com logo da Renault luminoso. Luzes de LED em Z no para-choque também chamam atenção. Atrás, as lanternas em L são simples e deixam o visual mais retilíneo e harmônico. O logo da Renault também é iluminado, mas em vermelho.

Telas e garrafas

Por outro lado, temos a cabine com visual que com toda certeza não estará no Scénic de produção. Há uma larga e estreita tela na porção superior que funciona como central multimídia e painel de instrumentos. O volante é totalmente achatado e com partes cortadas. Já quatro telas pequenas funcionam como controle do ar-condicionado.

Renault Scénic Vision [divulgação]
Renault Scénic Vision [divulgação]
O visual de sala de estar é típico de um carro conceito, mas a Renault se preocupou até com os matérias usados.  Cerca de 70% dos materiais usados no Scénic conceito são reciclados, porém 95% do carro pode ser totalmente reciclado. Por dentro, 30% do plástico usado é biodegradável e o couro é feito de garrafas recicladas.

>>Renault mata Scénic pouco depois que a Citroën enterrou a Picasso

>>Renault vai vender a marca Lada por menos de R$ 1 para a Rússia

>>Fiat Pulse / VW Nivus da Renault finalmente aparece em testes

Sobre o autor

João Brigato

Comente

Clique aqui para comentar