Novidades

Salão de Genebra é cancelado por conta do coronavírus

Governo suíço cancelou evento
Salão de Genebra
Salão de Genebra (divulgação)

Por decorrência do surto do coronavírus, o Salão de Genebra na Suíça foi cancelado nesta sexta-feira (28).  Segundo a organização, o governo da Suíça proibiu qualquer evento ou reunião que junte mais de mil pessoas.

O governo suíço anunciou que “O Conselho Federal decidiu declarar que a situação que atualmente atinge a Suíça como ‘especial’ nos termos da lei para epidemias, e proibiu demonstrações com mais de 1.000 pessoas. A proibição começa a valer imediatamente e é válida até, pelo menos, 15 de março. Para o Conselho Federal, a prioridade absoluta vai para a população. Isso nos dá a competência de criar medidas que normalmente seriam da competência de outras áreas do governo.”

A medida foi tomada depois que o primeiro caso de coronavírus foi confirmado na Suíça, e que agora o número já cresceu para mais de 15 pessoas infectadas. O cancelamento também se deve pelo fato de que o país faz fronteira com região norte da Itália, justamente o local mais afetado pelo surto do vírus na Europa.

As autoridades suíças acreditam que o número de casos confirmados deve subir nos próximos dias e investiu para que os hospitais sejam capazes de examinar cerca de 1.000 pessoas por dia. O Salão seria palco da apresentação oficial de diversos modelos, como os novos Golf GTI, Audi A3, Hyundai i20 e o novo SUV baseado no Toyota Yaris.

Veja mais:

>> Salão de Genebra: a bela versão perua do Mercedes CLA

>> Chevrolet não estará no Salão do Automóvel 2020

>> BMW não participará do Salão do Automóvel de São Paulo

Sobre o autor

Kleber Silva

Kleber Silva

Comente

Clique aqui para comentar

Vídeo

Triumph T120 Black: uma clássica Bonneville com pegada agressiva