Destaque Mercado

Sem Uno, Siena, Doblò e outros 8 carros: como fica a Fiat em 2022?

Enxugando a linha de modelos e preparando novidades para 2022, como fica o portfólio de carros da Fiat em 2022?
Fiat Pulse
Fiat Pulse Audace [divulgação]

O ano começou com muitas novidades para a Fiat. A marca italiana tirou 11 carros de linha, mas prepara o lançamento de alguns modelos inéditos até dezembro. Mas como ficou o portfólio de carros da Fiat com as baixas? Confira agora.

Quem deu tchau?

Antes de entender para onde a Fiat vai, é preciso saber onde ela fez seus cortes. Logo no primeiro mês de 2022, foram tirados de linha todos os modelos equipados com motor 1.8 E.torq. Com isso, a aposentadoria foi decretada para Doblò, Argo HGT 1.8, Argo Trekking 1.8, Cronos Drive 1.8, Cronos HGT 1.8, Cronos Precision 1.8 e Toro Endurance 1.8.

Além deles, a Fiat encerrou a carreira do Grand Siena em sua totalidade e lançou a série especial Ciao do Uno para antecipar sua despedida final. O Mobi também sofreu baixa e a versão de entrada Easy basicona foi aposentada. A Fiat ainda tirou Toro Endurance Diesel e Strada Endurance Cabine dupla de linha.

Fiat Uno Ciao [divulgação]
Fiat Uno Ciao [divulgação]

Porta de entrada

Com a baixa do Mobi Easy, o Fiat mais barato do Brasil é o Mobi Like de R$ 59.190. Isso mostra que o fim dos carros 0 km por menos de R$ 60 mil se aproxima. A versão Trekking fecha a gama do subcompacto por R$ 62.290. Logo acima, a Fiat tem três modelos de entrada com preços que se entrelaçam: Argo, Cronos e Strada.

O Argo começa em R$ 69.990 na versão 1.0 sem nome e vai até R$ 78.990 na aventureira Trekking com motor 1.3 aspirado. Entre elas ainda há a versão Drive 1.0 de R$ 74.990 e a S-Design 1.3 de R$ 78.990. Não há mais versões 1.8 ou com câmbio automático para o Argo.

Fiat Argo S-Design [Auto+ / João Brigato]
Fiat Argo S-Design [Auto+ / João Brigato]
A situação é semelhante ao Cronos, mas ele agora é vendido somente em duas versões. A sem nome de R$ 79.990 e a Drive de R$ 84.990. Ambas são equipadas com motor 1.3 Firefly aspirado. A Fiat lançará ainda neste ano versões 1.0 aspirada do Cronos para substituir o Siena, além de variantes 1.3 CVT para o sedã e para o Argo.

O conjunto mecânico será o mesmo já usado pela Fiat Strada nas versões Ranch de R$ 116.990 e Volcano CVT de R$ 111.990. O motor 1.3 é encontrado ainda nas versões Volcano manual de R$ 103.990, Freedom Cabine Simples (R$ 94.290) e Cabine Dupla (R$ 94.290). A única Strada com o antigo motor 1.4 é a Endurance Cabine Simples de R$ 88.290.

Fiat Strada Ranch CVT [divulgação]
Fiat Strada Ranch CVT [divulgação]

Andar de cima

O topo da gama de modelos da Fiat é representada pelo SUV compacto Pulse e pela picape intermediária Toro. O Pulse conta com versões Drive 1.3 de R$ 83.990, Drive 1.3 CVT de R$ 93.990, Drive turbo de R$ 101.990, Audace turbo de R$ 109.990 e Impetus turbo de R$ 119.990. Com o fim das versões 1.8 do Argo, ele e o Pulse não se entrelaçam mais em preço.

Já a Toro tem uma gama bem vasta de modelos. São três versões flex e cinco diesel. Com motor 1.3 turbo flex a Toro tem as versões Endurance de R$ 133.990, Freedom de R$ 145.190 e Volcano de R$ 159.290. Já com diesel as opções são Freedom de R$ 179.690, Volcano de R$ 193.490, Ranch de R$ 201.890 e Ultra de R$ 203.890.

Fiat 500 elétrico [divulgação]
Fiat 500 elétrico [divulgação]
Por fim, o modelo de passeio mais caro da Fiat no Brasil é o 500 elétrico. O charmoso pequenino sai por R$ 248.990. Em 2022 ainda haverá o lançamento do SUV cupê Fastback para atuar acima do Pulse. Espere por preços sempre acima dos R$ 100 mil, com grandes chances de se iniciarem em R$ 120 mil.

Utilitários

A Fiat é bastante forte na linha de utilitários no Brasil. Apesar da aposentadoria do Doblò, a marca segue firme com o Fiorino em versão única Endurance por R$ 99.990. Já o Ducato tem uma gama mais vasta. Ao todo são dez versões diferentes com opções de carrocerias variadas: furgão, chassi-cabine, vitré e passageiros.

carros
Fiat Fiorino 2022 [divulgação]
A gama começa no Chassi de R$ 184.690. Nas opções Cargo a Fiat oferece o Ducato curto de R$ 196.990, Médio de R$ 206.990 e Maxicargo de R$ 210.990. Para passageiros, as versões são Minibus Comfort de R$ 238.330 e Executivo por R$ 264.430. Há ainda versões mistas Multi de R$ 214.190 e Maximulti de R$ 240.190. Por fim, o Ducato Ambulância custa R$ 246.540.

>>Fiat Argo S-Design democratiza tecnologia de versões caras – Avaliação

>>Fiat Toro Ultra incomoda picapes médias com outro estilo | Avaliação

>>As 5 maiores mentiras que te contam sobre os carros

Sobre o autor

João Brigato

Um comentário

Clique aqui para comentar

  • É, voltamos na época em que somente ricos tinham acesso a carro zero. 60k em um Mobi é piada de mal gosto, 100k em um fiorino, 120k em uma strada, meu Deus. Não ganho mal (mas tb não ganho mto) e não tenho as menores condições de pensar em ter um carro zero. Ou então é trabalhar pra ficar mantendo carrão.