Destaque Novidades

Fiat desenvolverá próximos compactos com plataforma Peugeot

Stellantis busca unificar plataformas, por isso os próximos Fiat terão base de Peugeot
Stellantis
Fiat Argo (divulgação)

Desde que a fusão dos grupos PSA (Peugeot, Citroën e Opel) com o FCA (Fiat, Chrysler e Jeep) foi anunciada como Stellantis, as marcas começaram a traçar seus planos conjuntos. Um dos mais importantes e ambiciosos é a unificação de plataformas e componentes a fim de economizar custos.

Assim, a plataforma modular CMP que atualmente serve como base para o novo Peugeot 208 e à atual geração do Opel Corsa será usada também pelos modelos compactos da Fiat.

O site tcheco Auto.CZ confirmou que as fábricas turcas da Fiat tiveram o desenvolvimento de novos modelos com plataforma FCA congelado a fim de economizar custos. O objetivo é que todos os novos modelos migrem para a base CMP.

Assim, espere que os sucessores dos Fiat Argo e Cronos no Brasil, e as próximas gerações dos europeus Panda, 500 (a combustão) e o ressuscitado Punto sejam irmãos de plataforma de Corsa e 208.

É bastante provável também que os Jeep Renegade e Compass também usem essa plataforma ou a nova base eVMP que está em desenvolvimento para os modelos médios do grupo Stellantis.

A Alfa Romeo também deverá usar a nova base da Stellantis em seus modelos de menor porte, como o futuro SUV compacto Tonale que, a princípio, dividiria a plataforma com o Renegade.

Substituto do THP

As motorizações também serão unificadas e o novo Firefly 1.3 Turbo que pode chegar até 180 cv poderá substituir o plurivalente 1.6 THP da Peugeot e da Citroën. O motor já está preparado para versões híbridas regulares e do tipo plug-in tal qual o THP.

Já nos propulsores de baixa potência, como os Firefly e os PureTech, mas marcas poderão fazer uso diferente dos motores conforme a necessidade. Isso abre caminho para modelos 1.0 de Peugeot e Citroën no Brasil.

Veja mais:

>> Grupo PSA confirma produção local da plataforma CMP

>> Stellantis é o nome do novo grupo que une FCA e PSA

>> Novo Peugeot 208 2021 terá motor 1.2 na versão de entrada

Sobre o autor

João Brigato

João Brigato

Comente

Clique aqui para comentar