Curiosidades Destaque

Seis SUVs médios rivais do Jeep Compass que não temos no Brasil

Com potencial para brigar com Jeep Compass, VW Taos e Toyota Corolla Cross, esses seis SUVs médios bem que poderiam ser vendidos no Brasil
Jeep Compass [divulgação]

Desde que o Jeep Compass de segunda geração foi lançado globalmente no Brasil em 27 de setembro de 2016, o modelo redefiniu o segmento de SUVs médios. Ele abriu um novo nicho de modelos de menor porte e preço mais interessante e que somente agora com Volkswagen Taos e Toyota Corolla Cross é que haverá concorrentes de verdade.

Apesar disso, outras marcas já contavam com SUVs médios de entrada que rivalizam com o Jeep Compass lá fora. Contudo, nenhum deles é vendido no Brasil. Ainda assim, metade dessa lista é composta por modelos que ou estão confirmados para o nosso país ou sua vinda é apenas questão de tempo.

Chevrolet Trailblazer

Apesar do nome idêntico, o Chevrolet Trailblazer dessa lista não é o SUV da S10, mas sim um modelo de porte médio. Ele foi lançado na China e é vendido também nos EUA como um rival direto do Jeep Compass – além de ter tomado o lugar do Tracker em questão de preço.

O Traiblazer é feito sobre a mesma plataforma de Onix, Onix Plus e Tracker, mas traz porte de Compass e somente motor 1.2 três cilindros turbo. Seu visual é inspirado no SUV grande Blazer que, por sua vez, tem traços de Camaro. Há chances de ser vendido no Brasil no lugar do sedã Cruze.

Nissan Qashqai / Rogue Sport

Na Europa, o SUV médio que domina o segmento com a maior tranquilidade do mundo é o Nissan Qashqai. Tal qual o Jeep Compass no Brasil, o modelo é um grande sucesso desde seu lançamento. Agora na terceira geração, bem que ele poderia ser vendido no Brasil para ocupar o espaço acima do Kicks.

Nos EUA ele só chegou na segunda geração, mas com o nome Rogue Sport e por lá não fez o mesmo sucesso que na Europa, mas vende relativamente bem. O modelo ganhou nova geração recentemente com estilo bastante ousado e essencialmente diferente do Kicks.

Kia Seltos

Apesar de estar em uma linha tênue entre um SUV compacto grande demais e um médio pequeno para a categoria, o Kia Seltos briga com o Jeep Compass em preço nos EUA e na Índia. Prometido para o Brasil, o modelo deverá se manter na faixa dos SUVs compactos por aqui, brigando diretamente com o primo Hyundai Creta.

O Seltos foi o primeiro carro da Kia pensado para a Índia, tem visual ousado, cabine espaçosa e possibilidade vasta de personalização. Traz uma vasta opção de motores, que vão dos turbo 1.4 e 1.6 (o mesmo do Tucson), até pelos 1.6 e 2.0 usados pelo Creta no Brasil.

Ford Escape / Kuga

Além de Territory e Bronco Sport, a Ford possui um terceiro SUV médio que está na medida para brigar com o Jeep Compass – tanto que faz isso nos EUA e Europa. Vendido nas Américas como Escape e no Velho Continente como Kuga, o modelo é derivado do Focus e atualmente está em sua terceira geração.

Ele será vendido no Brasil em versão híbrida, em uma tentativa de suprir a lacuna deixada pelo Fusion Hybrid. Assim, o Escape ficará posicionado acima do Territory e do Bronco Sport. Isso fará com que ele fique na faixa de preço acima do Compass diesel e mais próximo do Toyota RAV4.

Renault Kadjar

Equivalente francês do Nissan Qashqai, o Renault Kadjar nunca foi cogitado para o Brasil, ao contrário do seu irmão maior Koleos. O que é uma pena, pois o modelo se encaixaria perfeitamente no segmento dominado pelo Jeep Compass e que agora terá Toyota Corolla Cross e Volkswagen Taos.

Visualmente ele lembra bastante o Captur, com toque de Kwid gigante na traseira. Tem motores e transmissão CVT da Nissan, além de uma cabine moderna. Uma nova geração já está em testes e deverá contar com faróis divididos tão qual o Renault Kwid indiano.

Chery Tiggo 7 PRO

Já registrado em patentes no Brasil pela CAOA Chery, o Tiggo 7 PRO seria um concorrente mais forte ao Jeep Compass que o atual Tiggo 7. Não que o modelo produzido no Brasil não seja capaz de enfrentar o SUV médio mais vendido do país, mas a nova geração evoluiu drasticamente, o que o torna mais interessante.

Na China ele conta com a versão regular e a PRO, com dianteira diferenciada e motores mais potentes. O interior é bastante moderno, com direito a acabamento no mesmo nível do Tiggo 8 e do Arizzo 6. Ainda que não esteja confirmado para o nosso país, é questão de tempo até a nova geração ser produzida em Anápolis, Goiás.

>>Ford já trouxe 28 unidades do Bronco Sport ao Brasil

>>Novo Qashqai mostra como Nissan briga com o Jeep Compass lá fora

>>Como fica a Toyota sem Etios e com Corolla Cross no Brasil?

Sobre o autor

João Brigato

João Brigato

Comente

Clique aqui para comentar