Destaque Novidades

Talagon é o maior SUV da história da VW e tem motor V6

Inicialmente exclusivo para a China, Volkswagen Talagon coloca a marca alemã no mesmo território dos SUVs full-size norte-americanos
Volkswagen Talagon [divulgação]
Volkswagen Talagon [divulgação]

Como tamanho é documento, a Volkswagen revelou na China o maior SUV da sua história: o inédito Talagon. Mantendo a tradição de chamar seus utilitários com a letra T, o modelo é maior que o Atlas/Teramont e que o Touareg, modelos notavelmente grandes. A princípio ele não será vendido fora da China.

Além de ser o maior SUV já feito pela Volkswagen, o Talagon também é o modelo de maior porte feito sobre a plataforma MBQ. A base, que serve do Golf até o novo SUV, se prova verdadeiramente modular por aqui. Na fita métrica são 5,15 m de comprimento, 2,00 m de largura e 1,79 m de altura, com entre-eixos de 2,98 m.

Complexo de Amarok

Ele só não toma da Amarok o título de maior carro da Volkswagen porque a picape tem 5,25 m de comprimento. Mas ela é mais estreita (1,94 m de largura) e mais alta (1,83 m) que o SUV. Debaixo do capô, tal qual a Amarok, o Volkswagen Talagon tem motor V6. Contudo, ele é menor e menos potente que o usado na picape.

Volkswagen Talagon [divulgação]
Volkswagen Talagon [divulgação]
Trata-se de um 2.5 quatro cilindros turbo a gasolina que entrega 295 cv e 51 kgfm de torque. A força é controlada por uma transmissão automatizada de dupla embreagem com sete marchas. Já a tração integral 4MOTION é item de série.

Visualmente eletrificado

Ainda que não seja oferecido em versões elétrica ou híbrida, o Volkswagen Talagon tem desenho evidentemente inspirado nos novos modelos da linha ID. A dianteira exibe faróis conectados por um friso cromado e que se mesclam à grade frontal.

Volkswagen Talagon [divulgação]
Volkswagen Talagon [divulgação]
Mais cromados são usados nas molduras dos vidros e em frisos na parte inferior da carroceria. Olhando pela lateral, o Talagon deixa claro que é um SUV enorme. Mesmo com sete lugares, ele tem teto com queda leve na parte traseira, deixando o visual mais esportivo.

Na traseira, lanternas conectadas fazem par ao refletor no para-choque, que ficou igualmente conectado. O nome Talagon vem estampado na tampa do porta-malas, logo abaixo do logotipo da Volkswagen e acima da região da placa.

Volkswagen Talagon [divulgação]
Volkswagen Talagon [divulgação]
Por dentro, a cabine foge do típico Volkswagen, apesar de ter volante do Nivus e central multimídia parecida com a VW Play. Ele tem linhas horizontais que destacam as saídas de ar, que parecem interligadas. O console central parece suspenso e abriga a minúscula manopla de câmbio e alguns porta-objetos.

Em tecnologia, ele traz painel de instrumentos totalmente digital e luzes de LED camufladas nos painéis de porta e também na parte frontal. Para não esquecer que esse é um Talagon, o nome vem escrito acima do painel de instrumentos digital e em uma plaqueta logo abaixo da manopla de câmbio.

Volkswagen Talagon [divulgação]
Volkswagen Talagon [divulgação]

>>Volkswagen Taos pode ganhar versão R-Line 2.0 TSI

>>VW Polo 2022 terá grade iluminada do Taos e estreia em 22 de abril

>>Volkswagen Saveiro Cross passa em definitivo dos R$ 100 mil

Sobre o autor

João Brigato

3 Comentários

Clique aqui para comentar