Destaque Novidades

Novo Toyota Aqua 2022 faz 35,7 km/l e tem porte de Yaris

Nascido como versão hatch do Prius, segunda geração do Toyota Aqua quer manter o sucesso e o consumo baixíssimo
Toyota Aqua [divulgação]
Toyota Aqua [divulgação]

Já mostramos aqui no Auto+ que nem sempre um modelo desenvolvido para um mercado faz sucesso onde deveria. Vez ou outra ele vinga em outros países e com outra abordagem. Esse é o caso do Toyota Aqua. Nascido para ser global, ele era chamado de Prius C em outros mercados, mas virou um sucesso de verdade no Japão e na Ásia.

Nos países em que era chamado de Aqua, e não Prius C, o modelo fez muito mais sucesso e vingou. Prova disso é que a Toyota apresentou sua segunda geração após vender 1,87 milhões de unidades do modelo original desde que foi lançado em 2012. Com isso, o nome Prius C foi oficialmente abandonado em favor de Aqua em todos os mercados em que ele atuará.

A nova geração do Toyota Aqua é baseada na plataforma TNGA-B, a mesma usada pela nova geração do Yaris e pelo SUV Yaris Cross. Isso permitiu ao hatch usar baterias bipolares níquel-hidrogênio, mais eficientes que as antigas. Com as mudanças, a marca japonesa promete 20% mais de eficiência no Aqua.

Toyota Aqua [divulgação]
Toyota Aqua [divulgação]

Eletricidade em todo canto

Agora, o Aqua é capaz de rodar alguns quilômetros em modo elétrico (distancia não divulgada). Mas o que impressiona é o consumo de combustível de 35,7 km/l. O motor elétrico é combinado a um 1.5 quatro cilindros aspirado. Vale lembrar que ele é um híbrido tradicional, não do tipo plug-in, ou seja, não precisa ser carregado.

Há ainda uma versão com tração nas quatro rodas provida por um motor elétrico na traseira. Um dos pontos mais interessantes do Aqua é que ele conta com sistema que é capaz de fornecer energia elétrica para uma casa. Isso se deu por conta dos recentes casos de desastres naturais que vem ocorrendo no Japão.

Toyota Aqua [divulgação]
Toyota Aqua [divulgação]

Ousadia equilibrada

Esteticamente, a nova geração do Aqua parece uma evolução do modelo anterior. A dianteira é mais contida no visual. Tem grade frontal arredondada dominando toda porção frontal. Com destaque para o friso cinza que simula um sorriso. Os faróis tem formato simples e iluminação toda provida por LEDs.

A linha de cintura alta tem como destaque o vinco que sobe em direção à traseira, deixando o vidro de trás pequeno. Lanternas traseiras enormes sempre foram a marca registrada do Aqua e continuam na nova geração. Elas são feitas de LED e abraçam a lateral da carroceria. No para-choque, um friso preto conecta os dois refletores.

Toyota Aqua [divulgação]
Toyota Aqua [divulgação]
A cabine é parcialmente compartilhada com o Yaris japonês / europeu. O volante é o mesmo, tal qual a central multimídia. Entretanto, o Aqua tem painel totalmente digital e manopla de câmbio com formato diferente. Há uma larga faixa de couro no painel e elementos que lembram a grade frontal.

>>Corolla Cross é Corolla de verdade, mas tem poréns | Avaliação

>>Toyota de novo aumenta preço do Corolla Cross e do Corolla

>>Corolla chique? Toyota mostra o Allion, que não passa de um Corollão

Sobre o autor

João Brigato

8 Comentários

Clique aqui para comentar