Especial Novidades

Toyota C-HR surge na versão final em Buenos Aires

Unidade em exposição é equipada com motor 1.8 híbrido
Toyota C-HR (divulgação)

A Toyota cravou sua presença no Salão de Buenos Aires com a exposição do C-HR em sua versão de produção – diferente do que foi mostrado no último Salão de São Paulo, em 2016.

O C-HR traz visual agressivo, com linhas e vincos bem demarcados, faróis espichados, lanternas em formato bumerangue (com um quê de Civic da atual geração, vale dizer) e caimento do teto que o deixa semelhante a um cupê. Um estilo que foge a regra dos Toyotas atuais, bem mais conservadores. Com 4,35 metros de comprimento, 1,8 de largura e 1,57 m de altura, tem dimensões um pouco maiores do que o Honda HR-V (4,29, 1,77 e 1,59 m), mas traz porta-malas de menor capacidade, com 370 litros, contra os 437 litros do SUV da Honda.

Toyota C-HR (divulgação)

A marca japonesa trouxe para o evento “hermano” a versão híbrida, com motor 1.8 que desenvolve 122 cv e 14,4 kgfm de torque. Essa configuração é vendida na Europa ao lado do propulsor 1.2 turbo de 116 cv e 18,8 kgfm de torque, enquanto nos Estados Unidos o modelo é oferecido com motor 2.0 aspirado de 146 cv. Em comum, todos têm transmissão automática do tipo CVT, enquanto o câmbio manual de seis marchas é exclusivo da versão turbo.

Toyota C-HR (divulgação)

A Toyota não revelou se vai vender o C-HR na Argentina, muito menos deu pistas se trará o modelo para o Brasil. No entanto, rumores da imprensa especializada dão conta que o C-HR chegará em terras tupiniquins entre o final de 2018 e o início de 2019.

Veja mais:

>> Salão de Buenos Aires: Equinox chega ao Brasil esse ano

>> Renault Kwid estreia em Buenos Aires

>> Conceito da picape Classe X é destaque da Mercedes em Buenos Aires

Sobre o autor

Avatar

Redação

Comente

Clique aqui para comentar

Vídeo

Triumph T120 Black: uma clássica Bonneville com pegada agressiva