Destaque Novidades

Toyota Hilux GR Sport aparece com visual diferente no Japão

Depois da Tailândia, agora o Japão recebe a versão esportiva GR Sport da Hilux, mas com alguns adereços diferentes
Toyota Hilux GR Sport [divulgação]
Toyota Hilux GR Sport [divulgação]

A Toyota tem se focado em tornar a divisão Gazoo Racing popular em todo o mundo. Contudo, nem sempre uma abordagem visual de um modelo da grife é idêntica em todos os lugares. Vide o Corolla GR Sport que tem estilos diferentes em cada país que é vendido. E essa estratégia está sendo repetida com a Toyota Hilux GR Sport.

Para o mercado japonês, a Toyota apresentou uma Hilux Gazoo mais contida no visual. Ela não tem os tradicionais adesivos chamativos em preto e vermelho, mantendo a carroceria limpa. Até mesmo os plásticos que são preto brilhante no modelo tailandês, aqui ganharam acabamento acetinado.

A dianteira tem para-choque exclusivo com visual mais agressivo e nicho quadrado para as luzes de neblina. Eles são integrados aos para-lamas alargados, que são da cor da carroceria, salvo um quadrado na parte mais alta. Logotipo da Toyota foi substituído pelo nome da marca estampado no centro da grade.

Toyota Hilux GR Sport [divulgação]
Toyota Hilux GR Sport [divulgação]
Atrás ela tem lanternas com aplique preto na lateral e para-choque na mesma tonalidade. Novas rodas de liga-leve pretas também foram introduzidas. Por dentro a picape esportiva tem volante exclusivo com marcador central vermelho e logotipo Gazoo Racing na parte inferior, além de costuras contrastantes.

Os bancos de couro têm logo GR no encosto e detalhes em vermelho na parte superior e nas costuras. Eles são feitos em couro, com parte central perfurada. Há ainda pedaleiras esportivas e teto com forro preto.

Toyota Hilux GR Sport [divulgação]
Toyota Hilux GR Sport [divulgação]

Mais potente?

Na parte mecânica, a Hilux GR Sport japonesa recebeu direção mais firme e suspensão retrabalhada. O motor, contudo, é bem mais fraco que das versões vendidas no Brasil. Trata-se de um diesel 2.4 quatro cilindros de apenas 150 cv. Ele é ligado a um câmbio automático de seis marchas e a tração 4×4 é item de série.

>>Corolla Cross encosta em R$ 200 mil, sedã só além de R$ 130 mil

>>Tundra é resposta japonesa à RAM 1500 sem influências da Hilux

>>Toyota apresenta a versão GR-Sport da Hilux, que vem ao Brasil em 2022

Sobre o autor

João Brigato

Comente

Clique aqui para comentar