Destaque Novidades

Toyota Tundra, a irmã gigante da Hilux, ganha versão com luxo de Lexus

Nova versão Capstone da Toyota Tundra mostra como a irmã maior da Hilux pode chegar ao nível dos mais refinados sedãs de luxo da Lexus
Toyota Hilux
Toyota Tundra Capstone [divulgação]

Picapes grandes estão cada vez mais próximas dos carros de luxo. Dado o sucesso da GMC Sierra Denali, primeira a ter uma versão luxuosa digna de grife, a Toyota lançou a Tundra Capstone. Basicamente a receita é trazer o luxo de um Lexus para uma picape maior que a Toyota Hilux.

Situada como versão mais cara e refinada da Toyota Tundra, a Capstone é bem mais luxuosa que um SW4 Diamond. A irmã maior da Hilux conta com cromados para todos os lados: grade frontal, retrovisores, maçanetas, nome Tundra na traseira e borrachão na lateral. Rodas de liga-leve de 22 polegadas cromadas chamam atenção.

A Tundra Capstone ainda conta com degrau elétrico para a caçamba e estribo lateral retrátil eletricamente. Debaixo do capô reside o motor híbrido i-Force Max V6 3.5 a gasolina trabalhando em conjunto com um elétrico para entregar 443 cv e 80,5 kgfm de torque. Na caçamba, ela consegue levar somente 674 kg, mas reboca até 4.690 kg.

Toyota Hilux
Toyota Tundra Capstone [divulgação]

Couro e telas

Mas é na cabine que a Capstone se mostra o verdadeiro suprassumo do luxo Toyota, chegando no nível dos Lexus. Os bancos são revestidos em couro semi-anilina em tons de branco e preto. Eles combinam com a madeira no painel e com detalhes em aço. Há ainda iluminação ambiente configurável para deixar a cabine mais aconchegante.

A picape grande da Toyota ainda conta com bancos dianteiros e traseiros com aquecimento e resfriamento. O volante tem aquecimento e traz o mesmo refinado couro dos bancos. Sistema de som JBL é parecido com o da Hilux, mas com 12 alto-falantes. Teto solar panorâmico é um dos grandes destaques, literalmente.

Na parte tecnológica, a Tundra Capstone ainda conta com head-up display de 10 polegadas, painel de instrumentos totalmente digital de 12,3 polegadas. Há ainda central multimídia de 14 polegadas com Android Auto e Apple CarPlay sem fio.

Ela traz ainda piloto automático adaptativo, assistente de manutenção em faixa, detector de pedestres, farol alto automático, alerta de tráfego cruzado, leitor de placa de trânsito, lembrete de cinto traseiro, sensor de ponto cego e o Parking Suport Brake, o qual ativa automaticamente os freios quando uma colisão ao estacionar é eminente.

[divulgação]
[divulgação]
Preço ainda não foi divulgado, mas espere por cifras mais generosas que os US$ 57.690 (R$ 326.606) pedidos pela atual versão mais refinada, a 1764. Vale lembrar que a Toyota registrou a Tundra no Brasil. Será que ela vem?

>>Maior que a Hilux: Toyota registra caminhonete Tundra no Brasil

>>RAM 1500 Rebel: como é rodar 1.000 km com a picape gigante | Avaliação

>>RAM 1500 e 2500 chegam à linha 2022 custando R$ 449.990

Sobre o autor

João Brigato

Comente

Clique aqui para comentar