Destaque Novidades

Toyota Yaris ganha inédita versão GR-S inspirada no Corolla

Rápida expansão da divisão esportiva Gazoo Racing da Toyota atingiu o Corolla no Brasil e agora chega ao Yaris
Toyota Yaris GR-S [divulgação]
Toyota Yaris GR-S [divulgação]

Depois de apresentar o novo Corolla GR-S no Brasil, a Toyota expandiu mais um pouco sua divisão esportiva Gazoo Racing pelo mundo. Apresentado na Ásia, o inédito Yaris GR-S traz tempero visual esportivo e mudanças na transmissão automática CVT. As chances de ele ser vendido no Brasil são grandes.

Revelado somente na carroceria sedã, que por lá é chamada de Vios, o novo Yaris GR-S passou pelo mesmo tratamento do Corolla esportivo. Ou seja, mudanças estéticas foram o foco, mas a Toyota também deu uma atenção de leve na mecânica.

Toyota Yaris GR-S [divulgação]
Toyota Yaris GR-S [divulgação]

Quase Corolla

O sedã continua a ser equipado com motor 1.5 quatro cilindros aspirado de 107 cv e 14,3 kgfm de torque (um pouco menos do que os 110 cv e 14,9 kgfm oferecidos pelo mesmo motor aqui no Brasil).

A mudança fica por conta da transmissão CVT que foi recalibrada para simular dez marchas, ao invés de sete como é hoje. O câmbio, no entanto, não é o CVT DirectShift do Corolla (e futuramente dos Firefly turbo da Fiat e Jeep) que conta com primeira marcha física e mais nove virtuais.

Toyota Yaris GR-S [divulgação]
Toyota Yaris GR-S [divulgação]
Segundo a Toyota, isso permitiu que o Yaris GR-S ficasse mais esperto nas ultrapassagens e que ficasse em rotação alta por mais tempo, garantindo maior elasticidade ao conjunto. A suspensão foi reajustada, como o Corolla GR-S brasileiro, ficando mais firme.

Novidades que nos faltam

O inédito Toyota Yaris GR-S traz o visual renovado que ainda não desembarcou no Brasil. Contudo, para a versão esportiva foram adicionados alguns detalhes novos. O para-choque é exclusivo, com entradas de ar laterais maiores e parte central com estilo diferenciado.

Toyota Yaris GR-S [divulgação]
Toyota Yaris GR-S [divulgação]
A lateral destaca novas rodas de liga-leve de 17 polegadas pintadas em preto, tom replicado nas maçanetas e retrovisor. Há ainda saia lateral para deixar o modelo visualmente mais baixo. Lá atrás ele ganhou aerofólio proeminente, um falso extrator de ar e cobertura preta no para-choque como uma falsa saída de ar.

Por dentro ele recebeu bancos esportivos que combinam couro com suede e costuras vermelhas, além de logotipo GR estampado no encosto de cabeça. Há ainda emblema Gazoo no botão de partida e mudanças no painel de instrumentos e na central multimídia.

>>Toyota Corolla GR-S estreia no Brasil como substituto do XRS

>>Corolla ganha versão alongada, mais cara e refinada

>>Toyota Yaris perde versão manual e fica mais caro

Sobre o autor

João Brigato

João Brigato

Um comentário

Clique aqui para comentar

  • Com esse visual, merecia o motor 1.8 16V flex do antigo Corolla, que já dariam outra vida a ele, mas certo mesmo é que viesse com o 2.0 Dynamic Force flex, pq ai sim teria um desempenho próximo ao que o visual sugere.