Moto+ Novidades Serviço

Três atitudes que reduzem a vida útil de sua moto

Negligenciar a troca de óleo ou tirar o filtro de ar são alguns dos (mau) hábitos recorrentes
(reprodução)

Os brasileiros estão cada vez optando pelas motocicletas. Prova disso é que já são mais de 25 milhões que circulam todos os dias em duas rodas, segundo a Abraciclo (Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares). Assim como todo veículo, a manutenção da moto tem que estar em dia, caso contrário, ela começará a apresentar problemas e ter sua vida útil reduzida. 

Apesar do custo de manutenção de uma moto chegar a ser 50% menor em relação a um carro, alguns maus hábitos podem fazer isso cair por terra e fazer os custos de manutenção alcançarem o patamar de automóveis.

Segundo André Causs, responsável pelo desenvolvimento de produtos Wix Filters no Brasil, aumentou o número de brasileiros executando procedimentos de manutenção da maneira errada ou não recomendados pelas fabricantes. “Não é raro você encontrar fóruns na internet onde há discussões sobre a retirada do filtro do ar para aumentar a potência do motor, ou a retirada do filtro do óleo em casa, de maneira amadora. São atitudes que vão acelerar o desgaste do motor e diminuir seu tempo de vida útil”, afirma.

Abaixo, confira três atitudes que podem prejudicar o motor da sua moto:

Adaptações: alguns mecânicos e motociclistas instalam um filtro qualquer e não aquele modelo indicado pelos fabricantes. Em alguns casos, acontece até a remoção da peça. “Existem vários riscos em tal prática, desde a parada do motor até o travamento do mesmo, além da possibilidade de incêndio em caso de filtro do combustível mal instalado ou de baixa qualidade”, alerta o especialista.

Tempo excedido: algo que normalmente acontece é o dono se esquecer de fazer a troca de óleo e acabar passando da quilometragem ideal. E quando é feita, os filtros saturados não são trocados, falha muito comum, mas que prejudica o funcionamento. “Não adianta colocar combustível de qualidade e um óleo de primeira linha sendo que os filtros de óleo não estão limpos. A filtragem não será feita de maneira adequada, contaminando os componentes do motor e diminuindo a vida útil do mesmo”.

Tirar o filtro do ar: ao dar a partida na moto, todos os filtros entram em funcionamento, mas o filtro de ar (normalmente o mais lembrado) é a peça que está mais exposta às diversas condições do clima e do tipo de local que a moto fica. Normalmente, é o filtro de ar que alguns motociclistas removem, reduzindo muito a vida útil do motor.

“O filtro de ar é fundamental para filtrar todo o ar que entra dentro no motor. É comum ver em fóruns os comentários de retirada desse filtro para permitir que o ar tenha maior facilidade para entrar no motor. Teoricamente, com maior vazão do ar, o resultado seria um melhor desempenho na admissão e no funcionamento do motor. Porém, qualquer partícula que entrar na câmara de combustão pode causar um enorme estrago no motor, chegando a prejudicar os anéis do pistão ou travando uma válvula no cabeçote”, finaliza o especialista.

Veja mais:

>> Honda CG 160 Cargo fica mais segura na linha 2018

>> PCX150, NMAX 160 e Cityclass 200i: as scooters acessíveis

>> Projeto de lei prevê CNH apenas para carro automático

Sobre o autor

Avatar

Redação

Um comentário

Clique aqui para comentar

  • Da onde que a manutenção de uma moto é metade da de um carro? Só se for de uma bmw…
    Nao tem comparação, a manutenção de qq 125 é no máximo 1/10 de qq carro.