Destaque Novidades

Volkswagen Amarok V6 2021 ganha V6 mais potente e corte de versões

Agora a Volkswagen Amarok será oferecida somente em três versões, enquanto o motor V6 ganha mais potência
Volkswagen Amarok V6 2021 [divulgação]
Volkswagen Amarok V6 2021 [divulgação]

Apesar de não vender tanto quanto Chevrolet S10 e Toyota Hilux, a Volkswagen Amarok encontrou seu nicho de mercado. Boa parte do público da picape média vem por conta das versões com motor V6 diesel, que ganharam um incremento importante de potência.

Além disso, a Volkswagen cortou as versões S Cabine simples, SE cabine dupla e Trendline do portfólio da Amarok 2021. Agora, a picape passa a ser oferecida somente em quatro versões: Comfortline 2.0, Highline 2.0, Highline V6 e Extreme V6. Todas cabine dupla, 4×4 e automáticas.

Volkswagen Amarok V6 2021 [divulgação]
Volkswagen Amarok V6 2021 [divulgação]
Contudo, as Amarok equipadas com motor 2.0 TDI de 180 cv e 42,8 kgfm de torque serão destinadas apenas à modalidade de venda direta. Motivo esse pelo qual a Volkswagen decidiu não divulgar ainda seus preços.

Preços e versões

Assim, a Volkswagen Amarok mais barata para o público comum passa a ser a Highline V6 de R$ 243.290. Logo acima temos a versão Extreme V6 de R$ 256.390, que bate os R$ 258.270 com o kit Black Style.

Volkswagen Amarok V6 2021 [divulgação]
Volkswagen Amarok V6 2021 [divulgação]
Esse pacote traz pintura preta brilhante nos retrovisores, estribos laterais, frisos dos faróis de neblina, rodas de liga-leve de 20 polegadas e moldura do painel de instrumentos. O tom escuro também é aplicado no para-choque traseiro, mas com acabamento fosco.

Picape média mais potente do Brasil

Além da reorganização e simplificação de versões, a Volkswagen Amarok 2021 ficou mais potente. Seu motor 3.0 V6 turbo diesel ganhou 33 cv e 3 kgfm de torque. Assim, ela passa a render 258 cv e 59,1 kgfm.

A VW ainda disponibiliza o modo Overboost o qual, durante 10 segundos, a picape ganha 14 cv e atinge 272 cv de potência. O modo pode ser acionado entre 50 km/h e 120 km/h. E após usar a função Ovesboost, é necessário esperar mais 5 segundos até o novo acionamento.

[divulgação]
[divulgação]
Foram feitas também alterações no câmbio automático de oito marchas para lidar com a potência e o torque extra. Ela conta com trocas de marcha atrás do volante como item de série para todas as versões.

Equipamentos

Devidamente apresentadas as novidades da linha 2021 da Volkswagen Amarok V6, hora de falar dos equipamentos. A picape média parte da versão Highline V6 com controle de tração e estabilidade, ar-condicionado digital de duas zonas, banco do motorista elétrico, piloto automático e controle de descida.

[divulgação]
[divulgação]
Traz ainda volante com regulagem de altura e profundidade, central multimídia com Android Auto e Apple CarPlay, GPS integrado, rodas de liga-leve de 18”, câmera de ré, tração nas quatro rodas, sensor de estacionamento dianteiro e traseiro, faróis bixenon com DRL em LED e retrovisor fotocrômico.

Nessa configuração, a Volkswagen Amarok V6 traz como opcionais rodas de liga-leve de 17” por R$ 3.460 e um kit com capota marítima e estribo lateral por R$ 2.975.

A Amarok V6 Extreme agrega pedaleiras esportivas, estribo lateral, rodas de liga-leve de 20”, santantônio esportivo, sensor de chuva, farol com acendimento automático e interior preto. A versão conta como opcionais a capota marítma de R$ 1.170 e o kit Black Style de R$ 1.880.

>>Flagra confirma Ford Maverick como nome para rival da Fiat Toro

>>Ford registra nome da picape rival da Fiat Toro no Brasil

>>RAM 700 produzida no Brasil começa a ser vendia no exterior

Sobre o autor

João Brigato

Comente

Clique aqui para comentar