Curiosidades Destaque Novidades

Volkswagen converte Fusca num carro elétrico

Modelo clássico de 82 cv tem autonomia de 200 km
Volkswagen e-Fusca (divulgação)

Se você acha que já viu de tudo nesta vida, nós lhe apresentamos o e-Fusca. E não, não estamos falando de uma versão elétrica do modelo atual – que inclusive já saiu de linha – mas sim do modelo clássico, com um conjunto de baterias que vieram do seu neto e-Up!.

Volkswagen e-Fusca (divulgação)

Para isso acontecer, a Volkswagen se juntou com a preparadora eClassics e pegou um fusca clássico, juntou com a plataforma e sistemas de baterias do moderno e-up! e assim gerou o e-Fusca – que alia seu design clássico a tecnologia do século 21. O tradicional motor refrigerado a ar, que era instalado na traseira, foi substituído por um conjunto de baterias que entregam 82 cv, o suficiente para o e-Fusca acelerar de 0 a 80 km/h em apenas 8 segundos.

Volkswagen e-Fusca (divulgação)

No lugar do antigo motor, o e-Fusca ganhou um segundo porta malas – tão funcional quanto o porta malas dianteiro. O motor e a transmissão foram desenvolvidos em parceira com a Brunswick – empresa que também cuida da transmissão e câmbio do e-up!. Segundo a Volkswagen, o e-Fusca tem autonomia de 200 km e pode atingir 150 km/h de velocidade máxima.

Volkswagen e-Fusca (divulgação)

A tomada de recarga das baterias fica curiosamente debaixo da lanterna traseira direita, conferindo assim charme e um certo toque de nostalgia para o modelo. A Volkswagen garante que o sistema de carregamento é compatível com estações de carregamento rápido. Dessa forma, em uma hora é possível obter carga suficiente para percorrer mais 150 km. A Volkswagen só não confirmou se alguma unidade vai estar à venda.

Veja mais:

>> Volkswagen revela novos teasers do ID.3

>> Porsche revela o Taycan, o primeiro rival do Tesla Model S

>> Primo espanhol do up!, Seat Mii ganha versão elétrica

Sobre o autor

Kleber Silva

Kleber Silva

Comente

Clique aqui para comentar

Encontre peças e acessórios





Vídeo

Triumph T120 Black: uma clássica Bonneville com pegada agressiva