Destaque Novidades

Volkswagen interromperá fabricação de Gol, T-Cross, Fox e Voyage

Suspensão da produção de Gol, T-Cross, Fox e Voyage será feita pela Volkswagen a partir de 7 de junho, mas será temporária apenas
Volkswagen Gol [divulgação]
Volkswagen Gol [divulgação]

Tal qual aconteceu com os Chevrolet Onix, Onix Plus e mais recentemente com o Tracker, a Volkswagen paralisará a produção de quatro importantíssimos modelos. A partir de 7 de junho, as plantas de Taubaté e São José dos Pinhais interromperão a produção dos Volkswagen Gol, T-Cross, Fox e Voyage.

O motivo da suspensão temporária é por falta de semicondutores. Essa baixa na indústria automotiva tem afetado uma cadeia de montadoras por todo o mundo e poderá ser responsável por uma crise no setor em escala mundial. O alívio é que é uma parada com tempo limitado.

Ou seja, os Volkswagen Gol, T-Cross, Voyage e Fox não saem de linha – pelo menos não agora. A paralização das fábricas paulistas de Taubaté e São José dos Pinhais, em São Paulo e no Paraná, respectivamente, ocorrerá na mesma data. A Volkswagen oficialmente anunciou que a interrupção acontecerá entre 7 de junho e 17 de junho, podendo ser postergada.

Volkswagen T-Cross [divulgação]
Volkswagen T-Cross [divulgação]

Estoque ativo

A ideia é colocar os trabalhadores das duas plantas em férias coletivas e normalizar o estoque de semicondutores. Até lá, as concessionárias Volkswagen terão de trabalhar com o estoque que vem sendo formado de T-Cross, Gol, Voyage e Fox.

Em seu comunicado oficial, a VW explica que “nos últimos meses, o time da Volkswagen do Brasil tem trabalhado intensamente e com sucesso, internamente e em parceria com a nossa matriz, para minimizar os efeitos da escassez de semicondutores para a produção em suas fábricas no Brasil”.

Volkswagen Voyage (divulgação)

Vale ressaltar que a Nissan também revelou que pode suspender futuramente as atividades em sua fábrica de Resende, Rio de Janeiro, pelo mesmo motivo. Com isso, já são três fábricas da Chevrolet com atividades suspensas por causa da falta de componentes, que se somarão as duas unidades da Volks.

Entretanto, a conta pode aumentar para para seis plantas fechadas caso a Volkswagen também interrompa a fabricação em São Bernardo do Campo. Com Nissan entre na mesma estratégia, serão sete fábricas com portões fechados provisoriamente no Brasil.

>>Fábrica da Chevrolet que faz Tracker e Spin será paralisada

>>Pré-venda do Volkswagen Taos acaba em apenas 7 minutos

>>Cinco versões legais do Volkswagen Golf que não tivemos no Brasil

Sobre o autor

João Brigato

Comente

Clique aqui para comentar

Vídeo

Triumph T120 Black: uma clássica Bonneville com pegada agressiva